A OUTRA MULHER, de Daniel Auteuil é uma comédia francesa que explora a obsessão masculina pelas mulheres mais jovens. Um casal de meu idade recebe para um jantar um amigo do marido que deixou a esposa por uma jovem aspirante a atriz que provoca fantasias enlouquecidas no anfitrião.

Auteuil – também vivendo o protagonista – é suficientemente ótimo ator para saber explorar as fantasias, contradições e loucuras do atormentado cinquentão enlouquecido pela namorada do amigo.

O filme cria várias situações muito engraçadas, mormente os diálogos de duplo sentido vivenciados pelos dois casais durante o jantar mais embaraçoso (e tenso) que divertido.

Os dois atores (Daniel Auteuil e Gerard Depardieu) consegue fazer uma espécie de permanente duelo verbal, onde o deslumbramento de um pela vida do outro propicia frases bastante cômicas.

A maior atração do filme, entretanto, é a atriz espanhola Adriana Ugarte (vista na série O TEMPO ENTRE COSTURAS, da NETFLIX), uma linda jovem hesitante entre o novo romance com um homem mais velho e a carreira de atriz prestes a decolar.

A beleza diferenciada da atriz é motivo para deleite da câmera de Auteuil, sempre disposta a focar novos ângulos, expressões e closes da bela Adriana Ugarte, justificando a súbita paixão dos protagonistas.

Sandrine Kiberlain, premiada atriz francesa, também se sai muito bem, como a mau humorada esposa de Auteuil, criando gags muito boas em vários momentos do filme.

A OUTRA MULHER não conseguiu ir além de uma comédia divertida. Os temas cuja reflexão provoca eram muito profundos para se abordar em uma comédia. O diretor preferiu, então, o conforto de uma solução conservadora. 

THE OTHER WOMAN by Daniel Auteuil is a French comedy that explores male obsession with younger women. A couple receives for a dinner a friend of the husband who left his wife for a young aspiring actress who provokes crazy fantasies in the host.

Auteuil – also living the protagonist – is sufficiently good actor to know how to explore the fantasies, contradictions and follies of the tormented fifty crazed by the girlfriend of the friend.

The film creates several very funny situations, especially the double-entender dialogues experienced by the two couples during the most embarrassing (and tense) dinner.

The two actors (Daniel Auteuil and Gerard Depardieu ) manage to make a sort of permanent verbal duel where the dazzling of one by the other’s life gives quite comical phrases.

The biggest attraction of the film, however, is the Spanish actress Adriana Ugarte (seen in NETFLIX THE TIME IN BETWEEN) a beautiful young woman hesitating between the new romance with an older man and the actress career about to take off.

The distinguished beauty of the actress is a reason to delight the camera of Auteuil, always willing to focus on new angles, expressions and close-ups of the beautiful Adriana Ugarte, justifying the sudden passion of the protagonists.

Sandrine Kiberlain , an award-winning French actress, also does very well, like the grumpy wife of Auteuil, creating very good gags at various times in the film.

THE OTHER WOMAN could not go beyond a comedy of amusement. The themes it thought about were too deep to deal with in a comedy. The director preferred the comfort of a conservative solution.