A TRAGÉDIA DE MACBETH: Joel Coen Vê Texto Imortal de Shakespeare

Sou fã dos irmãos Coen há décadas. Acho que os filmes deles oscilam entre obras primas (NO COUNTRY FOR OLD MEN, THE MAN WHO WASN’T THERE, FARGO e BARTON FINK) a divertidos ou profundos ensaios sobre cinema (BURN AFTER READING e TRUE GRIT). Mas sempre com talento superior.

Joel Coen resolveu se debruçar sobre MACBETH. Pegou Denzel Washington e a cada vez mais extraordinária Frances McDormand e fez… um grande filme.

A TRAGÉDIA DE MACBETH, disponível na Apple TV+ é uma lição de teatro (by William Shakespeare) e cinema (by Joel Coen) daquelas que o cinéfilo vê, lambendo os dedos.

Uma fotografia em preto e branco deslumbrante já bastaria para justificar o filme. A beleza das cenas de Coen é incrível.

O trabalho do duo central é memorável. E olha que o texto de Shakespeare exige muito do espectador.

São 105 minutos de arte na sua forma mais elevada.

O lorde que recebe a previsão de 3 bruxas (que cena linda) de que vai ser o próximo Rei e passa a conspirar para que isto se realize ganha uma versão moderna, atual e cheia de analogias com nossa realidade.

O poder corrompe. Desde a obra eterna de Shakespeare.

I’ve been a big fan of the Coen brothers for decades. I think their films range from masterpieces (NO COUNTRY FOR OLD MEN, THE MAN WHO WASN’T THERE, FARGO and BARTON FINK) to fun or profound film essays (BURN AFTER READING and TRUE GRIT). But always with superior talent.

Joel Coen decided to look into MACBETH. He took Denzel Washington and the increasingly extraordinary Frances McDormand and made… a great movie.

THE TRAGEDY OF MACBETH, available on Apple TV+ is a lesson in theater (by William Shakespeare) and cinema (by Joel Coen) that movie buffs lick their fingers at.

A stunning black and white photograph would be enough to justify the film. The beauty of Coen’s scenes is incredible.

The work of the central duo is memorable. And look, Shakespeare’s text demands a lot from the viewer.

It’s 105 minutes of art in its highest form.

The lord who receives a prediction from 3 witches (what a beautiful scene) that he will be the next King and starts to conspire to make this happen gets a modern version, current and full of analogies with our reality.

Power corrupts. Since Shakespeare’s eternal work.

One Reply to “A TRAGÉDIA DE MACBETH: Joel Coen Vê Texto Imortal de Shakespeare”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.