Para quem gosta de anti-heróis, ou no caso anti-heroínas, JESSICA JONES, nova serie da NETFLIX é um prato cheio. Confesso que nunca tinha ouvido falar nesta mulher alcoólatra, superforte, investigadora particular, dona de um pulgueiro chamado ALIAS INVESTIGATIONS (nome ótimo) num prédio decaidíssimo em Hells Kitchen’s pós guerra dos Vingadores com os alienígenas. Todo mundo esta puto com o cara verde (Hulk). Ela tem que dizer o tempo todo que não tem nada a ver com ele. JJ somente quer matar o vilão Killgrave (o excelente David Tennant de BROADCHURCH). Os personagens que giram em torno de Jessica são todos ótimos, pirados e desconcertantes, a começar por uma linda Trish WalKer (Rachel Taylor), o indestrutível Luke Cage (Mike Colter), o chapado vizinho Eka e a advogada inescrupulosa (surpresa!!!!) (Carrie-Ann Moss de MATRIX). A serie tem tudo que você podia imaginar e o que não podia também: sexo, drogas, rock-and-roll, crimes, traições, pedofilia, experimentos genéticos, militares pirados, políticos sem escrúpulos, corrupção desenfreada, sexo grupal, mídia sensacionalista, enfim, ficção pura. Quinze capítulos de pura felicidade para o espectador, porque na tela é um inferno de alto nível!