Rene Martinez, do Miami Herald, sobre SPOTLIGHT:

“Spotlight não se afunda na glória da ética da antiga mídia ou lamenta a morte contínua de jornais, embora o filme celebre tranquilamente os rigorosos padrões de jornalismo que estão cada vez mais se dissipando nesta era de clicks e indignação  via Twitter. Isto é simplesmente uma grande história muito bem contada, através de personagens cujos dedos estão perpetuamente manchados com tinta. ”