Confesso que estava com os dois pés atrás para a nova série de tevê MAQUINA MORTIFERA. Acho os dois primeiros filmes estrelados por Mel Gibson e Danny Glover ótimos e os demais uma grossa empulhação de baixa qualidade de roteiro, quase um pastiche em cima dos personagens bem feitos dos primeiros.

Ao saber da série e ver os trailers, meu medo se acentuou.

Pois devo confessar que tive uma agradável surpresa a over o primeiro capítulo.

A narrativa é ágil, bem-feita, muitas vezes cômica, algumas vezes dramática, lembra muito os dois primeiros longas.

Evidentemente os dois protagonistas, Clayne Crawford(Martin Riggs) e Damon Wayans (Roger Murtaugh) estão a léguas de distancia dos originais, mas conseguem se defender bem.

No cast de apoio, a sempre linda Jordana Brewster (VELOZES E FURIOSOS), Keesha Sharp e o personagem mais divertido do seriado até o momento, o legista Martin Scorsese (apelido dado pelos colegas policiais porque estudou cinema em Los Angeles) Jonathan Fernandez.

Como a produção é impressionante e impecável, a história do episódio padrão, mas boa de seguir, este primeiro capítulo de apresentação dos personagens foi bem melhor do que eu esperava.

Vamos torcer que a série siga assim e que os criadores tenham encontrado um caminho positivo para explorar uma das duplas mais interessantes de policiais que o cinema criou.

 

I confess that I was with both feet back to the new TV series Lethal Weapon. I think that the first two films, starring Mel Gibson and Danny Glover are great, and the other a thick crappy script, almost a pastiche on top of the well made characters.

Upon learning of the series and see the trailers, my fear was accentuated.

For all that, I must confess that I had a pleasant surprise seeing the first chapter.

The narrative is agile, well-made, often comic, sometimes dramatic, very reminiscent of the first two movies.

Of course the two protagonists, Clayne Crawford (Martin Riggs) and Damon Wayans (Roger Murtaugh) are miles of distance from the original, but they can defend well their carachters.

In the supporting cast, the main point is the always beautiful Jordana Brewster (FAST AND FURIOUS), Keesha Sharp and the most fun character of the series to date, the coroner Martin Scorsese (nickname given by fellow officers because he studied film in Los Angeles) Jonathan Fernandez.

As the production is impressive and flawless, the story of the standard first episode, good to follow, this first chapter of presentation of the characters it was much better than I expected.

Let’s hope that the series do so and that the creators have found a positive way to explore one of the most interesting pairs of police created by movie writers.