Um dos filmes mais espetaculares que eu vi na minha vida foi AMADEUS(1984), de Milos Forman.

O genial cineasta tcheco-eslovaco se debruçando sobre as historias dos compositores austríaco Wolfgang Amadeus Mozart e italiano Antonio Salieri.

O filme tem um roteiro absolutamente desconcertante e brilhantemente escrito pelo também fora de serie Peter Shaffer (EQUUS), baseado em sua própria peca teatral.

Não foi a toa que AMADEUS ganhou oito Oscars: melhor filme, diretor, ator (F.Murray Abraham), Roteiro Adaptado, Direção de Arte, Figurino, Som e Maquiagem.

Ganhou ainda o Globo de Ouro, o Cesar e o David de Donatello. Todos de Melhor Filme.

Como conviver com um gênio como Mozart?

Para quem não viu, AMADEUS se trata de uma obra-prima e uma recomendação imperdível.

Hoje li que Tom Hulce, que viveu extraordinariamente Mozart no filme, esta fazendo 63 anos. Sumiu das telas. Ja tinha feito o papel da vida dele. Nada mais chegaria perto.

 

One of the most spectacular films I’ve seen in my life was AMADEUS (1984), by Milos Forman.

The brilliant Czech-Slovak filmmaker bending over the stories of Austrian composer Wolfgang Amadeus Mozart and Italian Antonio Salieri.

The film has an absolutely disconcerting and brilliantly written screenplay by also out-of-series Peter Shaffer (EQUUS), based on his own theatrical play.

It was no wonder that AMADEUS won eight Oscars: Best Picture, Director, Actor (F.Murray Abraham), Adapted Screenplay, Art Direction, Costume Design, Sound and Makeup.

He also won the Golden Globe, Cesar and David de Donatello. All for Best Picture.

How to live with a genius like Mozart?

For those who did not see it, AMADEUS is a masterpiece and a must-see recommendation.

Today I read that Tom Hulce, who has lived extraordinarily Mozart in the film, is 63 years old. He disappeared from the screen. He had already played the part of his life. Nothing else would come close.