Em 1991, ha 25 anos atrás, o filme O PESCADOR DE ILUSÕES, de Terry Gilliam, contou o drama de um radialista que se vê envolvido com um mendigo.

Jeff Bridges, Robin Williams, Amanda Plummer e Mercedes Ruehl compunham excelentes personagens que gravitavam em uma encantadora Nova Iorque num roteiro de uma humanidade poucas vezes vista.

Mas a maior lembrança daquele filme encantador, ficou sendo, sem duvida, a cena da Grande Central Station, onde centenas de casais bailam enquanto o personagem de Robin Williams vai atrás de sua amada.

Este fenômeno ocorre varias vezes no cinema. Uma cena entra para a história, ficando muito mais famosa do que o próprio filme onde estava inserida.

Trata-se de um momento mágico e eterno.

 

In 1991, 25 years ago, Terry Gilliam’s THE FISHER KING told the drama of a radio broadcaster who finds himself involved with a beggar.

Jeff Bridges, Robin Williams, Amanda Plummer, and Mercedes Ruehl were excellent characters who gravitated to a charming New York on a screenplay of a few times seen humanity.

But the greatest remembrance of that charming film was undoubtedly the scene of the Grand Central Station, where hundreds of couples dance while the character of Robin Williams goes after his beloved.

This phenomenon occurs several times in the cinema. A scene enters in the history, becoming much more famous than the movie itself where it was inserted.

It is a magical and eternal moment.