O filme SIMPLESMENTE AMOR, de Richard Curtis teve uma sequencia de 10 minutos produzida e levada ao ar na televisão inglesa ontem a noite, no evento COMIC RELIEF – RED NOSE.

Se você quer saber o que a continuação traz, leia aqui. (SPOILER ALERT)

Billy Mack (Bill Nighy) fez a revelação chocante ao fazer uma entrevista de rádio.

Ele revelou que seu gerente de longa data Joe (Gregor Fisher) tinha morrido de um ataque cardíaco.

“Ele era um grande homem com um grande coração … grande ataque cardíaco”, disse ele.

“Caixão grande, e um grande buraco em minha vida.”

A sequencia começou com Juliet (Keira Knightly) no sofá com seu marido Peter (Chiwetel Ejiofor) quando Mark (Andrew Lincoln) aparece na sua porta, novamente com seus cartões.

13 anos atrás vimos Mark prometer que ele se casaria com uma supermodelo.

E acontece que ele realmente fez – Kate Moss!

O modelo apareceu com seus próprios cartões para conversar com Juliet em uma aparição especial.

Em outra parte do episódio, o personagem de Hugh Grant, David, foi reeleito como primeiro-ministro.

Mas ele ainda dança em torno de si mesmo – desta vez para Drake Hotline Bling.

Mas tudo sai errado quando ele tropeça e cai das escadas – quebrando o braço.

Mas, felizmente, sua esposa Natalie (Martine McCutcheon) estava lá para buscá-lo.

Hugh Grant também fez um discurso apaixonado sobre a tragédia que tocou a nação.

David disse em uma conferência de imprensa: “Sempre que você vê a tragédia, você vê a bravura também.”

“Onde quer que você veja pessoas comuns em necessidade, você vê pessoas extraordinárias em sua ajuda.”

 

Enquanto isso, o personagem de Colin Firth teve algumas notícias inesperadas, já que sua esposa esperava sua gravidez.

Os espectadores também ficam sabendo que o casal já tem três filhos juntos.

Mais tarde, Liam Neeson se encontra com seu filho – que agora tem 26 anos.

Ele revela que mora com seu primeiro amor, a cantora americana.

E que ela pediu a mão dele em casamento.

 

 

Love Actually returned to our screens tonight for a short 10-minute sequel in aid of Comic Relief.

But viewers were left shocked when Richard Curtis decided to kill off a key character.

Billy Mack (Bill Nighy) made the shocking revelation while doing a radio interview.

He revealed that his longtime manager Joe (Gregor Fisher) had died of a heart attack.

“He was a big man with a big heart… big heart attack,” he said.

“Big coffin, it’s a big hole in my life.”

The sequel started with Juliet (Keira Knightly) on the sofa with her husband Peter (Chiwetel Ejiofor) when Mark (Andrew Lincoln) appears at her doorstep with his cue cards again.

13 years ago we saw Mark promise that he would marry a supermodel.

And it turns out he actually did – Kate Moss!

The model appeared with her own cue cards to talk to Juliet in a special cameo appearance.

Elsewhere in the episode, Hugh Grant’s character David has been re-elected as Prime Minister.

But he still managed to make a fool of himself as he danced around Number 10 again – this time to Drake’s Hotline Bling.

But it went horribly wrong as he tripped and fell down the stairs – breaking his arm.

But luckily his wife Natalie (Martine McCutcheon) was there to pick him up again.

Hugh Grant made an impassioned speech about tragedy that touched the nation.

Hugh Grant’s character David said in a press conference: “Whenever you see tragedy, you see bravery too.

“Wherever you see ordinary people in need, you see extraordinary people come to their aid.”

Meanwhile Colin Firth’s character had some unexpected news as his wife expected her pregnancy.

Viewers also learned that the couple already have three children together.

Later, Liam Neeson met up with his son – who is now 26 years old.

He revealed that he’d reunited with his first love, the American singer.

And she asked for her boyfriend’s hand in marriage.