Como fã incondicional e inveterado do Woody Allen, a quem considero um gênio do cinema, quero dizer que, em minha opinião, os filmes dele se dividem entre os grandes, os melhores e os menos bons. Nunca vi um filme ruim do Woody Allen.

No filme WOODY ALLEN: UM DOCUMENTÁRIO, há uma cena em que um espectador aborda Woody Allen em um Festival e diz a ele que, em seu País, todos gostam dos filmes dele. Ao que ele responde: “Mas todas as pessoas gostam de todos os meus filmes?”

Dito isto, quero dizer que achei RODA GIGANTE (WONDER WHEEL) um dos menos inspirados filmes do cineasta. Comparado a suas obras-primas, como NOIVO NEURÓTICO, NOIVA NERVOSA, MANHATTAN, MATCH POINT, ZELIG, HANNAH E SUAS IRMÃS, A ROSA PÚRPURA DO CAIRO e CRIMES E PECADOS, este mais recente, para mim, fica na Segunda Divisão. Até mesmo a série da Amazon Vídeo, CRISE EM SEIS CENAS me agradou muito mais.

O ponto central é que achei todos os personagens deste filme pessoas desinteressantes e repetidos de muitos outros filmes de Woody Allen e de terceiros. Uma garçonete aspirante a atriz que vive um casamento frustrado com um alcoólatra fracassado e com tendências violentas se apaixona por um salva-vidas com aspirações a escritor. Quando a enteada dela também se envolve com o moçoilo, a chapa esquenta.

Visualmente, o filme tem achados brilhantes. A fotografia do Mestre Vittorio Storaro (três Oscars por REDS, APOCALYPSE NOW e O ÚLTIMO IMPERADOR) é simplesmente deslumbrante, com destaque para várias cenas em que a iluminação e a própria fotografia viram protagonistas do filme.

Senti muita falta do humor característico de Woody Allen, que sabe como ninguém olhar situações dramáticas com uma graça e ironia próprias dos artistas geniais.

Kate Winslet é uma ótima atriz e se sobressai dos demais. Mas fica longe de seus melhores trabalhos, como em A LEITORA, IRIS e BRILHO ETERNO DE UMA MENTE SEM LEMBRANÇAS. Justin Timberlake, Jim Belushi e Juno Temple são, sempre na minha visão, bem médios como atores, para ser comedido.

Achei este RODA GIGANTE feito meio para cumprir contrato, conformado e quadrado. Prefiro os filmes mais anarquistas, provocadores e questionadores com que ele nos brinda muitas vezes.

 

As an unconditional and inveterate fan of Woody Allen, whom I consider to be a movie genius, I think that, in my opinion, his films are divided between the great, the better, and the less good. I’ve never seen a bad Woody Allen movie.

In the film WOODY ALLEN: A DOCUMENTARY, there is a scene where a viewer approaches Woody Allen at a Festival and tells him that in his own country everyone likes his films. To which he responds, “But do all people like all my movies?”

That said, I find WONDER WHEEL one of the filmmaker’s less-inspirational films. Compared to his masterpieces such as ANNIE HALL, MANHATTAN, MATCH POINT, ZELIG, HANNAH AND HIS SISTERS, THE PURPLE ROSE OF CAIRO and CRIMES AND MISDERMEANORS, this latest one for me is in the Second Division. Even the Amazon Video series CRISIS IN SIX SCENES pleased me so much more.

The central point is that I find all the characters in this film uninteresting and repetitive of many other Woody Allen and third-party films. A waitress that want to be an actress who lives a marriage frustrated with a failed alcoholic with violent tendencies falls in love with a lifesaver with writer’s aspirations. When her stepdaughter is also involved with the guy, the plate heats up.

Visually, the movie has brilliant finds. The cinematography by Master Vittorio Storaro (three Oscars by REDS, APOCALYPSE NOW and THE LAST EMPEROR) is simply stunning, highlighting a number of scenes in which lighting and photography itself become the protagonists of the film.

I missed the characteristic humor  of Woody Allen, who knows how to look at dramatic situations with a grace and irony characteristic of genius artists.

Kate Winslet is a great actress and stands out from the others. But even she is far from her best works, as in THE READER, IRIS and ETERNAL SHINE OF A SPOTLESS MIND. Justin Timberlake, Jim Belushi and Juno Temple are, always in my view, very average as actors, to be sincere.

I found this WONDER WHEEL done to fulfill contract, conformed and square. I prefer the more anarchist, provocative, and questioning movies he often gives us.