DEADPOOL 2, de David Leitch me pareceu mais divertido que o primeiro, embora algumas situações tenham perdido a originalidade e a surpresa, em face de serem repetições.

Mas a MARVEL soube se auto debochar bastante, desde os créditos iniciais, dando ao cinéfilo motivos de sobre para passar duas horas identificando piadas sobre filmes, personagens, cenas e situações já clássicas em filmes de super heróis ou não.

O herói trash DEADPOOL está cada vez pior em sua falta de limites na desgraça total que sua vida se torna, a cada cena. Ryan Reynolds é suficientemente bom ator para dar este tom de caos total. Os personagens que orbitam a sua volta são inacreditavelmente desastrosos para se enquadrar no Esquadrão X, uma espécie de X-Men do Apocalipse.

Um acréscimo inegável de qualidade deste segundo filme é o vilão Cable, vivido por Josh Brolin, um pastiche do Exterminador do Futuro, de Arnold Schwarzenegger, elevado a décima potência. Divertidíssimo.

Claro que para se divertir dom DEADPOOL 2, o espectador tem que comprar a proposta de deboche do filme. Se você entrar nesta, pode estar certo de vai rir muito. Não fica pedra sobre pedra. Inclusive para o roteiro de LANTERNA VERDE, que merece uma das melhores piadas do filme.

 

DEADPOOL 2, by David Leitch seemed to me more fun than the first one, although some situations have lost their originality and surprise in the face of being repetitions.

But MARVEL knew how to self-mock enough, from the initial credits, giving to the movie buff many reasons to spend two hours identifying jokes about movies, characters, scenes and situations already classic in superhero movies.

The trash hero DEADPOOL is getting worse in his lack of limits in the total disgrace that his life becomes, at every scene. Ryan Reynolds is good enough actor to give this tone of total chaos. The orbiting characters around him are incredibly disastrous to fit into the X-Squad, a kind of X-Men from the Apocalypse.

An undeniable addition to the quality of this second film is the villain Cable, played by Josh Brolin, a pastiche of Arnold Schwarzenegger’s Terminator. Really fun.

Of course to have fun with DEADPOOL 2, the viewer has to buy the film’s mocking proposal. If you enter this, you can rest assured you will laugh a lot. There is no stone left on stone. Even for the screenplay of GREEN LANTERN, which deserves one of the best jokes in the film.