O CASAMENTO DO ANO: Comédia Dramática Sobre Casamento Tem Elenco Charmoso e Roteiro Divertido

Nas buscas nos serviços de streaming, às vezes a gente se depara com filmes que tinham passado despercebidos. O CASAMENTO DO ANO, de Justin Zackman é de 2013 e tem no elenco Robert de Niro, Diane Keaton, Suasan Saradon, Katherine Heigl, Amanda Seyfried, Topher Grace e o falecido Robin Williams (em um de seus últimos personagens).

Um casal recebe promover o casamento de sue filho adotivo com a noiva egressa de uma família falida em sua casa no campo. Para isto reunem toda a família e convidados, inclusive a ex-esposa do patriarca, a mãe ultra-católica do navio e os pais nada honestos da noiva.

O cenário para diversas confusões fica ainda mais claro quando o noivo pede aos pais adotivos que simulem para a sogra dele que ainda estão casados, afastando temporariamente a nova esposa (que para aumentar o problema é a resposável pela festa).

O elenco muito acima da média e um roteiro cheio de tiradas irônicas sobre festas de casamento, relações conjugais, virgindade e convívio entre pais e filhos proporciona momentos bem divertidos, embora o ritmo desta comérdia dramática seja bem desigual, com ótimos momentos cômicos e quedas na monotonia bem acentuadas.

O CASAMENTO DO ANO foi mais um filme que passou em branco nos cinemas. Lançar sobre ele um olhar vale a pena, principalmente como homenagem a grandes atores e atrizes.

In search of streaming services, we sometimes run into movies that have gone unnoticed. Justin Zackman‘s THE BIG WEDDING is a production made in 2013 and features Robert de Niro, Diane Keaton, Susan Saradon, Katherine Heigl, Amanda Seyfried, Topher Grace and the late Robin Williams (in one of his last characters).

A couple decide to promote their foster child’s marriage to a bride from a failed family in her home in the country. This brings together the whole family and guests, including the patriarch’s ex-wife, the ultra-Catholic mother of the fiance and the unreliable parents of the bride.

The scenario for various confusions becomes even clearer when the groom asks his adoptive parents to simulate they are still-married because of the extreme catolicism of his mother-in-law, temporarily alienating the new wife (who, to increase the problem, is responsible for the party).

The far above-average cast and a script full of ironic views on marriage parties, marital relations, virginity and conviviality between fathers and sons provide amusing moments, although the rhythm of this dramatic comedy is very uneven with great comedic moments and falls well into the monotony.

THE BIG WEDDING was another movie that went blank in theaters. Giving it a look is a good gesture, mainly as a tribute to great actors and actresses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s