STRIKING OUT: Produção Irlandesa Coloca Mulher Traída como Protagonista de Série Sobre Advogados e Excluídos

STRIKING OUT, série irlandesa produzida pela RTÉ (disponível no app ACORN TV da Amazon), já na segunda temporada tem como protagonista a advogada corporativa Tara Rafferty (Amy Huberman, atriz irlandesa multipremiada por lá) que às vésperas do casamento flagra o noivo na cama com uma colega de trabalho. Sua vida desaba, porque o infiel é nada mais nada menos que o filho do dono do grande escritório de advocacia onde ela trabalha. Família, colegas, o noivo, e todos os conhecidos imploram que Tara perdoe o episódio.

Ela prefere abandonar o escritório, voltar sua atividade para o direito de família e se instalar no imenso espaço atra’s de um bar e café alternativo, frequentados por desvalidos, abandonados, gays e artistas, que passam a ser seus clientes preferenciais.

Uma galeria de tipos altamente interessantes desfila pelos dois mundos da vida de Tara: o ricos, poderosos e empertigados advogados e familiares da vida passada e os atenciosos, problemáticos e quebrados (em todos os sentidos) membros de sua nova realidade.

Rory Kenan (REINO DE FOGO), Emmit Byrne, Neil Morissey, Kate Gilmore, Paul-Anthony Barber, a ótima Fiona O’Shaugnessy (vista no terrível ALEXANDRE, de Oliver Stone) como a detetive particular e guru tech que ajuda Tara e Ingrid Craigie fazem um cast sempre interessante de se ver.

Cada temporada tem cinco capítulos com casos complicados que Tara pega para defender nas cortes irlandesas (absolutamente formais e seguindo o sistema britânico da parte ter um solicitor e um barrister), oq ue é outro aspecto fascinante da série.

Tomara que STRIKING OUT siga sendo produzido. Tem histórias, personagens e temas dignos de muito interesse.

STRIKING OUT, the Irish series made by RTÉ, already in the second season is starring the corporate lawyer Tara Rafferty (Amy Huberman, multi-award-winning Irish actress) who on the eve of her wedding catches the groom in bed with a co-worker. Her life falls apart, because the unfaithful is nothing less than the son of the owner of the large law firm where she works. Family, colleagues, the groom, and all acquaintances beg Tara to forgive the episode.

She prefers to leave the office, return to family law, and settle into the huge space behind an alternative bar and cafe, frequented by the homeless, abandoned, gay and artists, who become her favorite clients.

A gallery of highly interesting types parades through the two worlds of Tara’s life: the rich, powerful, selfish lawyers and relatives of her past life, and the thoughtful, troubled, and broken (in every way) members of her new reality.

Rory Kenan (KINGDOM OF FIRE), Emmit Byrne, Neil Morissey, Kate Gilmore, Paul-Anthony Barber, the great Fiona O’Shaugnessy (seen in Oliver Stone’s terrible ALEXANDRE) as the private detective and tech guru helping Tara and Ingrid Craigie make an always interesting cast to see.

Each season has five complicated cases that Tara picks up to defend in the Irish courts (absolutely formal and following the British system of having a solicitor and a barrister), which is another fascinating aspect of the series.

Hopefully STRIKING OUT will continue to be produced. It has stories, characters and themes worthy of interest.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.