INVESTIGAÇÃO SOBRE UM CIDADÃO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA: Filme Clássico de Elio Petri Segue Atual 50 Anos Depois

Ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, Prêmio de Melhor Diretor no Festival de Cannes, vencedor do David di Donatello de Melhor Filme, indicado como melhor filme ao Globo de Ouro e à Palma de Ouro, INVESTIGAÇÃO SOBRE UM CIDADÃO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA, obra que o cineasta italiano Elio Petri dirigiu em 1970 segue atual e poderoso como há 50 anos atrás.

Elio Petri, morto em 1982, foi um cineasta nascido em Roma e assumidamente adepto das ideias de esquerda, que fez um cinema engajado em causas sociais, com um talento único para contar grandes histórias. São dele (apesar de ter dirigido apenas 19 filmes) A CLASSE OPERÁRIA VAI PARA O PARAÍSO, A DÉCIMA VÍTIMA, UM LUGAR TRANQUILO NO CAMPO e JUÍZO FINAL.

Em seu filme mais famoso INVESTIGAÇÃO SOBRE UM CIDADÃO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA, ele contou com um trabalho realmente extraordinário do ator ícone Gian Maria Volonté, um milanês habituée dos westerns de Sergio Leone (POR UM PUNHADO DE DÓLARES e POR UNS DÓLARES A MAIS), ganhador do Urso de Ouro do Festival de Berlin como melhor ator por O CASO MORO, 5 Globos de Ouro italianos como melhor ator e protagonista de filmes italianos eternos como O CASO MATTEI, CRÔNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA, GIORDANO BRUNO e SACCO E VANZETTI.

Aqui ele vive Il Dottore, o chefe do setor de homicídios da Polícia de Roma, que assassina sua amante (depois de um relacionamento apaixonado, doentio e cheio de ciúmes) e propositadamente deixa várias provas contra si para testar sua fama de cidadão acima de qualquer suspeita.

O roteiro do próprio Elio Petri é perfeito ao mostrar – com contundente ironia – ser impossível à Polícia culpar alguém tão poderoso (e respeitado) como Il Dottore, mesmo diante de fortes evidências de que ele é o culpado. As maiores autoridades fazem todo o esforço possível (e impossível) para eximir de culpa seu membro ilustre.

No elenco a cearense Florinda Bulcão (ou Bolkan), provavelmente em seu melhor papel no cinema, como a amante Augusta Terzi. Aeromoça da VARIG, Florinda – filha de um diplomata brasileiro – iniciou a trabalhar como modelo em Roma e circulando na Cinecittá, terminou sendo atriz em clássicos memoráveis, como OS DEUSES MALDITOS, de Luchino Visconti. Ganhou três prêmios David di Donatello como melhor atriz e trabalhou com Vittorio de Sica, Enrico Maria Salermo (O ANÔNIMO VENEZIANO) e Alberto Sordi.

INVESTIGAÇÃO SOBRE UM CIDADÃO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA é um filme contundente no exame do sistema, da corrupção de valores da força policial, dos preconceitos políticos das instituições e nos perigos dos cidadãos de reputação ilibada.

50 anos depois de feito, segue sendo um filme atual e definitivo, uma lição emocionante do melhor cinema italiano.

Winner of the Oscar for Best Foreign Film, Best Director Award at the Cannes Film Festival, winner of the David di Donatello for Best Film, nominated as the best film at the Golden Globe and the Palme d’Or, INVESTIGATION OF A CITIZEN ABOVE SUSPICION, work that Italian filmmaker Elio Petri directed in 1970 remains as current and powerful as 50 years ago.

Elio Petri, who died in 1982, was a filmmaker born in Rome and admittedly adept at left-wing ideas, who made a cinema engaged in social causes, with a unique talent for telling great stories. He made (despite having directed only 19 films) THE WORKING CLASS GOES TO PARADISE, THE TENTH VICTIM, A QUIET PLACE IN THE FIELD and FINAL JUDGE.

In his most famous film INVESTIGATION OF A CITIZEN ABOVE SUSPICION, he featured a truly extraordinary work by the iconic actor Gian Maria Volonté, a Milanese habituée of Sergio Leone‘s westerns (A FISTFUL OF DOLLARS and FOR A FEW DOLLARS MORE), winner of the Golden Bear at the Berlin Festival as best actor for ALDO MORO, 5 Italian Golden Globes as best actor and protagonist of eternal Italian films such as THE MATTEI CASE, CHRONICLE OF AN ANNOUNCED DEATH, GIORDANO BRUNO and SACCO E VANZETTI.

Here he lives Il Dottore, the head of the homicide section of the Rome Police, who murders his mistress (after a passionate, unhealthy and jealous relationship) and purposefully leaves several pieces of evidence against himself to test his fame as a citizen above all suspect.

Elio Petri’s own script is perfect in showing – with striking irony – that it is impossible for the Police to blame someone as powerful (and respected) as Il Dottore, even in the face of strong evidence that he is to blame. The highest authorities make every possible (and impossible) effort to release their illustrious member from guilt.

In the cast, Florinda Bulcão (or Bolkan) from Ceará, probably in her best role in cinema, as lover Augusta Terzi. Flight attendant at VARIG, Florinda – daughter of a Brazilian diplomat – started working as a model in Rome and circulating at Cinecittá, ended up being an actress in memorable classics, such as THE DAMNED, by Luchino Visconti. She won three David di Donatello awards for best actress and worked with Vittorio de Sica, Enrico Maria Salermo (THE ANONYMOUS VENEZIAN) and Alberto Sordi.

INVESTIGATION OF A CITIZEN ABOVE SUSPICION is a scathing film examining the system, the corruption of values ​​in the police force, the political prejudices of the institutions and the dangers of citizens of unblemished reputation.

50 years after being made, it remains a modern and definitive film, an exciting lesson from the best Italian cinema.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.