RICOS, BONITOS E INFIÉIS: Como Fazer um Filme Ruim com um Elenco Maravilhoso

Muitas vezes, um ótimo elenco não consegue garantir que um filme atinja um nível razoável. É o caso do filme RICOS, BONITOS E INFIÉIS (TOWN & COUNTRY), dirigido pelo cineasta inglês Peter Chelsom (diretor de SERENDIPITY – ESCRITO NAS ESTRELAS e DANÇA COMIGO. Para deixar ainda mais impressionante a falta de qualidade do filme, o roteiro conta com Buck Henry, um nome icônico do cinema americano responsável por roteiros clássicos como A PRIMEIRA NOITE DE UM HOMEM e O CÉU PODE ESPERAR.

Diane Keaton, Warren Beaty, Nastassja Kinski, Andie McDowell, Goldie Hawn , Jena Elfman e o humorista Garry Shandling compõem um cast impressionante. Mas nada funciona no filme. O filme narra a história de um milionário novaiorquino que vê seu melhor amigo ser expulso de casa pela esposa que descobriu uma infidelidade sua. Como também é um conquistador de mulheres de todos os tipos, o protagonista se vê em situações embaraçosas frente à esposa, à ex-esposa de seu melhor amigo e do próprio.

O filme pretende explorar estas confusões, criando situações cômicas. Mas as piadas e confusões parecem antiquadas e fora de época, situações que podiam ser inusitadas e engraçadas décadas atrás, mas soam ridículas e patéticas em 2001, quando o filme foi feito.

Até uma participação especial do imortal Charlton Heston (BEN-HUR e OS DEZ MANDAMENTOS) soa ridícula como o pai de uma moça sexualmente ativa que pretende punir seus namorados.

TOWN & COUNTRY é uma gigantesca decepção e um monumental desperdício de recursos e do trabalho de atores e atrizes que certamente têm muito mais talento do que lhes foi permitido mostrar neste filme.

Often, a great cast cannot guarantee that a film will reach a reasonable level. This is the case of the movie TOWN & COUNTRY, directed by the English filmmaker Peter Chelsom (director of SERENDIPITY and DANCE WITH ME. To make the lack of quality of the film even more impressive, the script counts with Buck Henry, an iconic name in American cinema responsible for classic scripts such as THE GRADUATE and HEAVEN CAN WAIT.

Diane Keaton, Warren Beaty, Nastassja Kinski, Andie McDowell, Goldie Hawn, Jena Elfman and humorist Garry Shandling make up an impressive cast. But nothing works in the film. The film tells the story of a New York millionaire who sees his best friend being kicked out of the house by his wife who discovered his infidelity. As he is also a conqueror of women of all kinds, the protagonist finds himself in embarrassing situations in front of his wife, the ex-wife of his best friend and himself.

The film intends to explore these confusions, creating comic situations. But the jokes and confusions seem outdated and out of season, situations that could have been unusual and funny decades ago, but sound ridiculous and pathetic in 2001, when the film was made.

Even a cameo from the immortal Charlton Heston (BEN-HUR and THE TEN COMMANDMENTS) sounds ridiculous like the father of a sexually active girl who intends to punish her boyfriends.

TOWN & COUNTRY is a huge disappointment and a monumental waste of resources and the work of actors and actresses who are certainly far more talented than they were allowed to show in this film.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.