ATOR E ATRIZ COADJUVANTE: Uma Vida Apoiando os Protagonistas

Meu amigo Ernani Back sugeriu que eu fizesse um post (ou posts) sobre aqueles atores e atrizes que sempre fazem papeis de coadjuvantes, sem nunca (ou praticamente nunca) chegarem a ser protagonistas em um filme. Sua importância é enorme, seu trabalho em filmes relevantes é reconhecido, mas isto não foi suficiente para alçar ao estrelato. Esta aí um interessante tema para discussão. A lista é interminável. Voltarei a ela em outros posts.

CLAUDE RAINS, ator inglês que se eternizou como o Capitão Louis Renault, em CASABLANCA foi indicado 4 vezes ao Oscar. Não ganhou nenhum. Além da obra prima de Michael Curtiz, apareceu em A MULHER FAZ O HOMEM e INTERLÚDIO. Era craque em levantar a bola para os atores principais.

MARY STEENBURGEN, atriz americana ganhou um Oscar por MELVIN E HOWARD, de Jonathan Demme, que também lhe deu um Globo de Ouro. Foi casada com Malcolm McDowell e hoje vive com o também ator Ted Danson.

DIANE WIEST, uma das Oscarizadas de Woody Allen, ganhou a estatueta dourada em dois de seus filmes: HANNAH E SUAS IRMÃS e TIROS SOBRE A BROADWAY. Fez uma peça na Broadway com Al Pacino (SALOME: THE READING)

ROBERT DUVALL, um ator e diretor excelente que apareceu em O PODEROSO CHEFÃO (o advogado Tom Hagen) e em APOCALIPSE NOW(onde fazia o Coronel que gostava do cheiro de napalm e atacava tocando A CAVALGADA DAS VALQUÍRIAS). Foi indicado sete vezes ao Oscar e curiosamente ganhou em um papel principal em THE APOSTLE.

BURL IVES, ator nascido em Illinois, fez seu maior papel em DA TERRA NASCEM OS HOMENS, o inesquecível Rufus Hannassey, que lhe deu um Oscar de coadjuvante. Apareceu em muitos filmes importantes como GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE e NOSSO HOMEM EM HAVANA.

JOHN HOUSEMAN, ator romeno ganhou o Oscar no filme de James Bridges, O HOMEM QUE EU ESCOLHI. Trabalhou em cult movies como ROLLERBALL, SETE DIAS DE MAIO e OS TRÊS DIAS DO CONDOR.

JOE PESCI, um dos atores favoritos do cineasta Martin Scorsese, ganhou o Oscar em OS BONS COMPANHEIROS. Teve mais duas indicações por O TOURO INDOMÁVEL e O IRLANDÊS. é o típico ator coadjuvante que sabe valorizar papeis de menos tempo nas telas com atuações marcantes. Tem um ótimo papel de protagonista em MEU PRIMO VINNY.

IAN HOLM: “Vocês contam com minha simpatia”, última frase do androide que ele faz em ALIEN, O OITAVO PASSAGEIRO, de Ridley Scott mostra o talento deste ator inglês de papel essencial na trilogia O SENHOR DOS ANEIS, de Peter Jackson. Jamais ganhou o Oscar mas tem dois BAFTAs (CARRUAGENS DE FOGO e THE BOFORS GUN).

ROBERT LOGGIA, ator novaiorquino que trabalhou em SCARFACE, O FIO DA SUSPEITA e QUERO SER GRANDE costumava aparecer em filmes americanos em papeis de ótimos personagens de apoio. Apareceu em incríveis 243 filmes.

TERI GAAR, a nova paixão de Viktor Frankenstein em O JOVEM FRANKENSTEIN, de Mel Brooks, apareceu em TOOTSIE e CLOSE ENCOUNTERS OF THE THIRD KIND. Fazia papeis de mães sofridas com grande categoria.

AKIM TAMIROFF, nascido na Rússia e ator relevante anos anos 60 e 70, pontificou em clássicos como A MARCA DA MALDADE, POR QUEM OS SINOS DOBRAM e O PROCESSO. Jamais ganhou o Oscar.

JOHN GOODMAN, outro que fez muitos papeis de coadjuvante. Fez muitos trabalhos na TV, onde ganhou um Globo de Ouro por ROSEANNE. No cinema apareceu com destaque em filmes como ARGO e BARTON FINK.

WARD BOND, trabalhou em DEPOIS DO VENDAVAL, RELÍQUIA MACABRA, FORTE APACHE e A FELICIDADE NÃO SE COMPRA, quatro filmes clássicos imortais. Marcava muito os papeis em que trabalhava.

PETER LORRE, ator austro-húngaro de papel essencial em CASABLANCA, como o eterno Ugarte. Apareceu também de forma essencial em RELÍQUIA MACABRA e M O VAMPIRO DE DUSSELDORF.

CHARLES DURNING, duas indicações ao Oscar de Melhor Coadjuvante, sabia atuar em papeis cômicos (TOOTSIE) ou dramáticos (UM DIA DE CÃO). Também trabalhou muito em TV, tendo ganho um Globo de Ouro por OS KENNEDYS.

My friend Ernani Back suggested that I make a post (or posts) about those actors and actresses who always play supporting roles, without ever (or practically never) becoming protagonists in a film. His importance is enormous, his work in relevant films is recognized, but this was not enough to rise to stardom. This is an interesting topic for discussion. The list is endless. I will return to it in other posts.

CLAUDE RAINS, an English actor who immortalized himself as Captain Louis Renault, in CASABLANCA was nominated 4 times for the Oscar. He won none. In addition to Michael Curtiz’s masterpiece, he appeared in MR. SMITH GOES TO WASHINGTON and INTERLUDE. He was an expert in raising the ball for the main actors.

MARY STEENBURGEN won an Oscar for MELVIN AND HOWARD, by Jonathan Demme, who also gave her a Golden Globe. She was married to Malcolm McDowell and now lives with actor Ted Danson.

DIANE WIEST, one of the Oscars winners for Woody Allen, won the golden statuette in two of his films: HANNAH AND HER SISTERS and BULLETS OVER BORADWAY. She worked on Broadway with Al Pacino (SALOME: THE READING)

ROBERT DUVALL, an excellent actor and director who appeared in THE GODFATHER (the lawyer Tom Hagen) and in APOCALYPSE NOW (where he played the Colonel who liked the smell of napalm and attacked by playing THE VALKYRIES). He was nominated seven times for an Oscar and curiously won a lead role in THE APOSTLE.

BURL IVES, an actor born in Illinois, played his biggest role in THE BIG COUNTRY, the unforgettable Rufus Hannassey, who gave him an Oscar. He has appeared in many important films such as CAT ON A HOT THIN ROOF and OUR MAN IN HAVANA.

JOHN HOUSEMAN, Romanian actor won an Oscar in the James Bridges film, THE MAN I CHOOSE. He worked in cult movies like ROLLERBALL, SEVEN DAYS OF MAY and THREE DAYS OF CONDOR.

JOE PESCI, one of the favorite actors of the filmmaker Martin Scorsese, won the Oscar for GOODFELLAS. He had two more nominations for RAGING BULL and THE IRISHMAN. He is the typical supporting actor who knows how to value less time roles on screens with outstanding performances. He has a great comic role as a protagonist in MY COUSIN VINNY.

IAN HOLM: “You count on my sympathy”, the last sentence of the android he does in ALIEN, by Ridley Scott shows the talent of this English actor of essential role in Peter Jackson‘s The Lord of the Rings trilogy. He never won an Oscar but has two BAFTAs (CHARRIOTS OF FIRE and THE BOFORS GUN).

ROBERT LOGGIA, a New York actor who worked on SCARFACE, JAGGED EDGE and BIG used to appear in American films in the roles of great supporting characters. It appeared in an incredible 243 films.

TERI GAAR, Viktor Frankenstein’s new passion in Mel Brooks’s THE YOUNG FRANKENSTEIN, appeared in TOOTSIE and CLOSE ENCOUNTERS OF THE THIRD KIND. She used to play the role of suffering mothers with great category.

AKIM TAMIROFF, born in Russia and a relevant actor in the 60s and 70s, pontificated in classics such as TOUCH OF EVIL, FOR WHOM THE BELL TOLLS and THE PROCESS. He never won an Oscar.

JOHN GOODMAN, another who played many supporting roles. He did a lot of work on TV, where he won a Golden Globe for ROSEANNE. In the cinema he appeared prominently in films such as ARGO and BARTON FINK.

WARD BOND, worked in THE QUIET MAN, THE MALTESE FALCON, FORT APACHE and IT’S A WONDERFUL LIFE, four immortal classic films. He marked the roles he worked on a lot.

PETER LORRE, Austro-Hungarian actor with an essential role in CASABLANCA, like the eternal Ugarte. It also appeared in an essential form in THE MALTESE FALCON and M THE VAMPIRE OF DUSSELDORF.

CHARLES DURNING, two Oscar nominations for Best Supporting Actor, knew how to act in comic (TOOTSIE) or dramatic (DOG DAY AFTERNOON) roles. He also worked a lot on TV, having won a Golden Globe for THE KENNEDYS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.