HOLLY PASSOU UM FIM DE SEMANA: Comédia Romântica Divertida, Ousada e Provocadora

HOLLY PASSOU UM FIM DE SEMANA (HOLLY SLEPT AWAY), filme do produtor, roteirista e diretor Joshua Freelander rodou em 2019 e que foi lançado direto em VOD neste ano de 2020. Está disponível no Looke. Trata-se de uma surpreendentemente sincera comédia dramática que enfoca a vida sexual dos casais, principalmente antes e depois da chegada de filhos.

O ponto de partida é a visita – depois de 12 anos de afastamento – da melhor amiga, companheira de quarto e namoradinha de faculdade – da bem sucedida advogada de tribunal Audra (a atriz Britt Lower da série UNFORGETTABLE). Holly (a atriz inglesa Nathalie Emmanuel, vista em GAME OF THRONES e protagonista da série QUATRO CASAMENTOS E UM FUNERAL, do HULU) resolve aparecer de surpresa na casa de Audra e Noel (um advogado tributarista vivido pelo australiano Josh Lawson), uma casal tentando em vão engravidar.

A inesperada visita detona uma série de desejos, segredos e inquietações, vistas de forma divertida (e ao mesmo tempo dramática) pelo roteiro escrito pelo próprio diretor Joshua Freelander. Como contar ao marido que, sendo conservadora hoje, a esposa teve um caso amoroso forte com a ex-colega de quarto no tempo da faculdade? Como revelar à esposa o desejo de “apimentar”a vida sexual do casal, fazendo um “menage a trois”? Como esposa e marido podem conviver com a ideia da paixão dela pela amiga ou do desejo dele em transar com ela?

Há muitas situações engraçadas em HOLLY SLEPT AWAY. É uma competente rom-com (designação da linguagem cinematográfica para as comédias românticas). Tem uma história paralela do casal de vizinhos de Audra e Noel, os inquietos Marnie (Erinn Hayes) e Pete (Ron Livingston, de BAND OF BROTHERS), outro casal em crise conjugal motivada pela falta de sexo. Trata-se de um sub-enredo bem inferior ao principal, talvez o ponto fraco do filme.

A maior atração da história é a jovem Holly, feita com leveza e jovialidade pela linda (e ascendente) atriz Nathalie Emmanuel. Holly, desde a faculdade nunca hesitou em se atirar de cabeça em seus desejos, vivendo múltiplos casos de amor com homens e mulheres (muitos homens e poucas mulheres, segundo ela diz, já com muito vinho consumido). É uma personagem ousada, interessante, provocativa e questionadora da vida que Audra e Noel querem ter.

O filme de Freelander – especialmente se tratando de uma estreia na direção – atinge com louvor seu objetivo. A despeito de algumas situações que podia ter evitado, tem humor, tensão, profundidade e emoção em boa dose. Provoca reflexões no espectador. Talvez casais fiquem incomodados em ver HOLLY SLEPT AWAY. É mais um sinal de que o filme funciona bem.

HOLLY SLEPT AWAY is a film by producer, screenwriter and director Joshua Freelander, shot in 2019 and released straight into VOD this year 2020. It is available on Looke. It is a surprisingly sincere romantic comedy that focuses on couples’ sex lives, especially before and after the arrival of children.

The starting point is the visit – after 12 years of absence – from the best friend, roommate and college sweetheart – from the successful court lawyer Audra (actress Britt Lower from the UNFORGETTABLE series). Holly (the English actress Nathalie Emmanuel, seen in GAME OF THRONES and protagonist of the series FOUR WEDDINGS AND A FUNERAL, from HULU) decides to appear by surprise at Audra and Noel’s house (a tax lawyer lived by the Australian Josh Lawson), a couple trying in vain to get pregnant.

The unexpected visit detonates a series of desires, secrets and concerns, seen in a fun (and at the same time dramatic) way by the script written by director Joshua Freelander himself. How can the spouse tell her husband that, being conservative today, had a strong love affair with her ex-roommate in college? How to reveal to the wife the desire to “spice up” the couple’s sex life by making a “menage a trois”? How can a wife and husband live with the idea of ​​her passion for her friend or his desire to have sex with her?

There are many funny situations on HOLLY SLEPT AWAY. It is a competent rom-com (designation of cinematographic language for romantic comedies). It has a parallel history of the neighboring couple of Audra and Noel, the restless Marnie (Erinn Hayes) and Pete (Ron Livingston), another couple in marital crisis motivated by the lack of sex. It is a sub-plot much lower than the main one, perhaps the film’s weak point.

The biggest attraction in history is the young Holly, made with lightness and joviality by the beautiful (and upward) actress Nathalie Emmanuel. Holly, since college, she has never hesitated to jump into her desires, living multiple love affairs with men and women (many men and few women, she says, with a lot of wine already consumed). The fact of owning a food business that has marijuana in the recipes already gives the measure of her non-compliance with the system. She is a bold, interesting, provocative and questioning character of the life that Audra and Noel want to have.

Freelander’s film achieves its goal with praise. Despite some situations that he could have avoided, he has a lot of humor, tension, depth and emotion. It provokes equal laughs and reflections in the spectator. Perhaps couples will be uncomfortable seeing HOLLY SLEPT AWAY. It is another sign that the film works well.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.