LUGARES ESCUROS: Outra História Muito Dark de Gillian Flynn Desta Vez com a Luz de Charlize Theron

A atriz sul africana Charlize Theron, além de lindíssima, vem mostrando em cada capítulo de sua carreira que quer fazer a diferença. Hoje já tem, além de 63 filmes como atriz, 21 produções em que assumiu o papel de produtora, através de sua empresa Denver & Delilah Films. Aos 44 anos, já ganhou um Oscar (MONSTER), um Urso de Prata em Berlim, um Globo de Ouro, um SPIRIT e uma Câmera de Ouro. Vai aparecer muito em futuras premiações.

A escritora americana Gillian Flynn fez uma trilogia de livros que a tornou mundialmente conhecida: GAROTA EXEMPLAR (que virou filme com Ben Affleck e Rosamund Pike, dirigido por David Fincher), SHARP OBJECTS (uma extraordinária série da HBO, estrelada por Amy Adams e Patricia Clarke) e LUGARES ESCUROS, que também virou filme, dirigido pelo francês Gilles Paquet-Brenner. Fez também o roteiro de WIDOWS, com Viola Davis, Liam Neeson, Elizabeth Debicki e Cynthia Erivo.

LUGARES ESCUROS é um filme muito dark. Conta a história de uma menina que certa noite vê sua mãe e irmãs serem brutalmente assassinadas com tiros de espingarda. Única sobrevivente, ela acusa o irmão adolescente, um pequeno marginal que frequentava ambientes de cultos satânicos. Preso, ele fica 30 anos na prisão. Ela passa a viver de doações de estranhos e palestras que lhe rendem alguns dólares. Quando o crime está para completar 30 anos, um Clube de pessoas (bizarras) que investiga crimes reais, procura ela para reabrir a investigação do episódios, em busca das razões do crime (o irmão nunca falou) e detalhes daquela noite trágica.

Charlize Theron faz a personagem principal, a traumatizada, soturna e introspectiva Libby Day. O ótimo Corey Stoll (HOUSE OF CARDS) faz o irmão encarcerado na fase adulta (como adolescente é vivido pelo ator Tye Sheridan, com cara de louquinho). O elenco ainda tem a ótima Chloe Grace Moritz, Nicholas Hoult, Christina Hendricks, Andrea Roth, Sean Bridges e Drea de Matteo.

É difícil definir qual a história mas escura de Gillian Flynn, mas esta certamente se candidata ao trono. Tudo é pesado, lento, obscuro, ambíguo. Não bastasse a violência do crime original, suas motivações e consequências agravam ainda mais o quadro. Por vezes, acho que ficou dark demais.

De qualquer forma, um mérito inegável da escritora (e da produção do filme) é a competência de manter o espectador ligado e interessado em ver o desfecho da história. Isto já está claro nas narrativas de Flynn. Ela sabe muito bem como fazer isto.

O elenco competente e a direção segura do francês Paquet-Brenner colaboram para LUGARES ESCUROS ser um bom filme. Mesmo que no final, você esteja próximo do esgotamento físico e mental. Que história complicada e pesada.

South African actress Charlize Theron, in addition to being highly beautiful, has shown in each chapter of her career that she wants to make a difference. Today she has, in addition to 63 films as an actress, 21 productions in which she assumed the role of producer, through her company Denver & Delilah Films. At 44, he won an Oscar (MONSTER), a Silver Bear in Berlin, a Golden Globe, a SPIRIT and a Golden Camera. For sure, she will appear a lot in future movie awards.

American writer Gillian Flynn made a trilogy of books that made her known worldwide: GONE GIRL (turned into a movie with Ben Affleck and Rosamund Pike, directed by David Fincher), SHARP OBJECTS (an extraordinary HBO series starring Amy Adams and Patricia Clarke) and DARK PLACES, which also became a film, directed by the Frenchman Gilles Paquet-Brenner. She also did the script for WIDOWS, with Viola Davis, Liam Neeson, Elizabeth Debicki and Cynthia Erivo.

DARK PLACES is a very dark film. It tells the story of a girl who one night sees her mother and sisters being brutally murdered with shotguns. The only survivor, she accuses her teenage brother, a small marginal who frequented satanic groups. He is caught and condemned for 30 years. She lives on donations from strangers and lectures that earn her a few dollars. When the crime is about to turn 30, a Club of people (bizarre) that investigates real crimes, seeks her to reopen the investigation of the episodes, in search of the reasons for the crime (the brother never spoke) and details of that tragic night.

Charlize Theron plays the main character, the traumatized, grim and introspective Libby Day. The great Corey Stoll (HOUSE OF CARDS) makes his brother, Ben Day, incarcerated in adulthood (as a teenager is played by actor Tye Sheridan, with a crazy face) . The cast still has the great Chloe Grace Moritz, Nicholas Hoult, Christina Hendricks, Andrea Roth, Sean Bridges and Drea de Matteo.

Gillian Flynn‘s darkest story is difficult to define, but this one is certainly a candidate for the throne. Everything is heavy, slow, obscure, ambiguous. If the violence of the original crime was not enough, its motivations and consequences further aggravate the situation. Sometimes, I think it got too dark.

In any case, an undeniable merit of the writer (and of the film’s production) is the competence of keeping the viewer connected and interested in seeing the outcome of the story. This is already clear in Flynn’s narratives. She knows very well how to do this.

The competent cast and safe direction of the French Paquet-Brenner collaborate for DARK PLACES to be a good film. Even in the end, you are close to physical and mental exhaustion. What a complicated and heavy story.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.