DUMMY: O Show Mais Anárquico (e Engraçado) do QUIBI Até Aqui

O serviço de streaming QUIBI (aquele que apresenta tudo em pequenos episódios de oito a dez minutos) trouxe esta semana sua série mais criativa (e diferente) até agora. Trata-se de DUMMY, uma espécie de comédia sobre uma escritora que descobre que seu namorado (um compositor de grande sucesso) tem uma boneca inflável para atividades sexuais heterodoxas. Ao encontrar a boneca em um armário escondido, ele passa a interagir e conversar (!) com a boneca, colocando nela todos os seus medos, inseguranças, complexos e hesitações.

DUMMY pode chocar algumas pessoas, mas a ironia de seu roteiro (são múltiplas as piadas sobre machismo e sexismo) é plena de tiradas inteligentes completamente fora do eixo tradicional das comédias similares.

Para isto contribui muito o talento da atriz Anna Kendrick, uma jovem atriz (aqui revelando grande capacidade cômica) que foi indicada ao Tony Awards por seu trabalho na Broadway em HIGH SOCIETY. Kendrick já trabalhou com grande destaque em AMOR SEM ESCALAS e O CONTADOR.

Outro destaque do elenco é a atriz Meredith Hagner, vista em O HOMEM IRRACIONAL, de Woody Allen. No papel da boneca Barbara, ela dá um show de comicidade, dizendo as frases irônicas e cáusticas do roteiro com graça e contundência.

A Produtora do show, Cody Heller afirma que o tema saiu de uma experiência real dela própria com seu namorado. Isto acresce ainda mais interesse e comicidade à série.

Por incrível que pareça, sexo ainda segue sendo um tema tabu e de difícil abordagem na televisão e no cinema. DUMMY tem o inegável mérito de lançar um olhar desassombrado sobre o tema, optando por uma abordagem sem preconceitos, corajosa e anárquica.

DUMMY é um show a ser observado e refletido.

The streaming service QUIBI (the one that presents everything in short episodes of eight to ten minutes) this week brought its most creative (and different) series so far. This is DUMMY, a kind of comedy about a female writer who discovers that her boyfriend (a highly successful writer and composer) has an inflatable doll for heterodox sexual activities. When he finds the doll in a hidden closet, he starts to interact and talk (!) with the doll, putting all his fears, insecurities, complexes and hesitations in it.

DUMMY may shock some people, but the irony of his script (there are multiple jokes about sexism and sexism) is full of clever tirades completely outside the traditional axis of similar comedies.

The talent of actress Anna Kendrick, a young actress (here revealing great comic ability) who was nominated for the Tony Awards for her work on Broadway in HIGH SOCIETY, contributes a lot. Kendrick has already worked with great prominence in UP IN THE AIR and THE ACCOUNTANT.

Another highlight of the cast is actress Meredith Hagner, seen in Woody Allen‘s THE IRRATIONAL MAN. In the role of the Barbara doll, she gives a comical show, saying the ironic and caustic phrases of the script with grace and force.

The show’s Producer, Cody Heller says that the theme came out of a real experience of her own with her boyfriend. This adds even more interest and humor to the series.

As incredible as it may seem, sex is still a taboo subject and difficult to approach on television and cinema. DUMMY has the undeniable merit of casting a fearless look on the theme, opting for an unprejudiced, courageous and anarchic approach.

DUMMY is a show to be observed and reflected on.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.