MINHAS MÃES E MEU PAI: 10 Anos do Filme Independente, Inovador e Sensível de Lisa Cholodenko

Hoje está fazendo 10 anos que o filme MINHAS MÃES E MEU PAI, (THE KIDS ARE ALL RIGHT), que a diretora independente americana Lisa Cholodenko (dos maravilhosos LAUREL CANYON e HIGH ART) sacudiu o Sundance Film Festival com uma história de uma família moderna, em que um casal gay de mulheres cria um casal de filhos entre problemas, sorrisos, choros, tristezas, flertes e muito amor.

Está certo de que a diretora contou com uma dupla maravilhosa de atrizes, Julianne Moore e Anette Bening, vivendo os incríveis personagens de Jules e Nic. Os filhos são Mia Wasikowska (ótima atriz australiana) e Josh Hutcherson. E ainda tem Marc Ruffalo com o pai biológico dos filhos (cada um concebido por uma das mulheres).

O filme ganhou dois Globos de Ouro (Melhor Musical ou Comédia e Melhor Atriz (Anette Bening), foi indicada a 4 Oscars, 4 BAFTAs, ganhou Melhor Filme no Festival de Berlim, Melhor Roteiro no Spirit Awards, fechando em 29 prêmios entre 119 indicações a prêmios.

O filme de Lisa Cholodenko consegue mesclar drama e comédia de forma notável. Seguindo o inspirado roteiro de Stuart Blumberg e da própria Lisa, o espectador vai se emocionar muito e se divertir muito. Desassombrado, o filme vai da comicidade à abordagem de profundos dramas humanos com muita falicilidade, passando por sexo, desejo, medo, abandono, parceria, futuro e desgastes cotidianos com a mesma sensibilidade e humanismo.

Acho que THE KIDS ARE ALL RIGHT é um marco do cinema independente. Assim como na vida real, mostra como poder ser uma família moderna e feliz. Apesar dos problemas.

Today is 10 years since the movie THE KIDS ARE ALL RIGHT, that American independent director Lisa Cholodenko (LAUREL CANYON and HIGH ART) shook the Sundance Film Festival with a story of a modern family, in which a gay couple of women creates a couple of children between problems, smiles, cries, sadness, flirting and a lot of love.

It is certain that the director had a wonderful pair of actresses, Julianne Moore and Anette Bening, playing the incredible characters of Jules and Nic. The children are Mia Wasikowska (great aussie actress) and Josh Hutcherson. And there is still Marc Ruffalo with the biological father of the children (each conceived by one of the women).

The film won two Golden Globes (Best Musical or Comedy and Best Actress (Anette Bening), was nominated for 4 Oscars, 4 BAFTAs, won Best Film at the Berlin Festival, Best Screenplay at the Spirit Awards, closing at 29 awards among 119 award nominations.

Lisa Cholodenko‘s film manages to mix drama and comedy remarkably. Following the inspired script by Stuart Blumberg and Lisa herself, the viewer will be thrilled and have a lot of fun. Dismayed, the film goes from comedy to the approach of deep human dramas with great fallacy, going through sex, desire, fear, abandonment, partnership, future and everyday wear with the same sensitivity and humanism.

I think THE KIDS ARE ALL RIGHT is a milestone in independent cinema. Just like in real life, it shows how to be a modern and happy family. Despite the problems.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.