DUELO DE GIGANTES: Brando e Nicholson Juntos Na Tela Já Vale a Pena

Em 1976, o mundo do cinema foi sacudido pelo fato de que dois atores gigantes iriam compartilhar a tela no western dirigido por Arthur Penn. Marlon Brando (dois Oscars) e Jack Nicholson (3 Oscars) se juntavam ao americano Penn (3 vezes indicado ao Oscar) para contar a história do confronto entre um ladrão de cavalos e um pistoleiro.

Com música de John Williams e fotografia de Michael Butler, DUELO DE GIGANTES é um filme formalmente fascinante.  Randy Quaid, Harry Dean Stanton, Frederic Forrest, John McLiam e Kathleen Lloyd pontificam no elenco ótimo do filme.

Uma curiosidade histórica do filme. Originalmente, o personagem de Brando seria um caçador de recompensas de descendência irlandesa. Brando impôs para um descendente de índios pelo seu envolvimento na causa indígena.

Por ser protagonizado pelos atores oscarizados de O PODEROSO CHEFÃO e UM ESTRANHO NO NINHO, o filme foi cercado de grande expectativa. Frustou o público e a crítica.

Hoje, 44 anos depois, acho a crítica meio injusta. Claro que este western não se aproxima dos grandes filmes protagonizados pelos dois atores (e nem dos melhores trabalhos de Arhur Penn), mas é um filme muito interessante de se ver.

Vale a pena participar deste DUELO DE GIGANTES.

In 1976, the cinema world was shaken by the fact that two giant actors would share the screen in the western directed by Arthur Penn. Marlon Brando (two Oscars) and Jack Nicholson (3 Oscars) joined American Penn (3 times Oscar nominee) to tell the story of the confrontation between a horse thief and a gunslinger.

With music by John Williams and photography by Michael Butler, MISSOURI BREAKS is a formally fascinating film. Randy Quaid, Harry Dean Stanton, Frederic Forrest, John McLiam and Kathleen Lloyd pontificate in the great cast of the film.

A historical curiosity of the film. Originally, Brando’s character was to be a bounty hunter of Irish descent. Brando imposed on a descendant of Indians for his involvement in the indigenous cause.

For being starring the oscarized actors of GODFATHER and ONE FLEW OVER THE CUKOO’S NEST, the film was surrounded by great expectations. It frustrated the public and the critic.

Today, 44 years later, I find the criticism a little unfair. Of course, this western does not come close to the great films starring the two actors (and not even the best works by Arhur Penn), but it is a very interesting film to see.

It is worth participating in this MISSOURI BREAKS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.