HILLARY SWANK: Uma Atriz Que Sempre Vale a Pena

Eu admiro muito a americana Hillary Swank, uma atriz de 46 anos e que já ganhou 2 Oscars de Melhor Atriz (MENINOS NÃO CHORAM e MENINA DE OURO) e que se renova a cada trabalho de interpretação.

Swank é tão versátil que vem marcando sua carreira através de filmes que oscilam entre blockbusters e filmes autorais independentes completamente fora do mainstream e que certamente teriam muito menos público se o nome dela não estivesse associado. O próprio MENINOS NÃO CHORAM, feito pela cineasta Kimberley Pierce, onde Hillary vive Brandon Teena, um homem transgênero que sofre muitos assédios em sua vida marginal.

À distância, acho que Swank é uma atriz sem medo. Fez KARATÊ KID 4, filmes de terror de gosto duvidoso, filmes românticos melosos e agora vem aí em uma nova série da NETFLIX. Ah, deu o ar da graça em um policial irregular de Brian de Palma, A DÁLIA NEGRA, onde fez uma personagem ousada e meio maluquete.

O ponto alto de sua carreira ainda é, na minha opinião, a personagem Maggie Fitzgerald, no maravilhoso MENINA DE OURO, outra obra marcante de Clint Eastwood, uma mulher pobre que conquista seu lugar na vida literalmente a socos, antes de um dos finais mais tristes e cortantes da história do cinema. Acho o trabalho de Swank, sob a batuta de Eastwood, uma das grandes interpretações femininas que já vi. Uma atriz no topo de sua arte.

I really admire the American Hillary Swank, a 46-year-old actress who already has won 2 Oscars for Best Actress (BOYS DON’T CRY and ONE MILLION DOLLAR BABY) and who renews herself for every role of acting.

Swank is so versatile that she has marked her career through films that oscillate between blockbusters and independent films completely outside the mainstream and that would certainly have much less audience if her name was not associated. BOYS DON’T CRY, made by filmmaker Kimberley Pierce, where Hillary lives Brandon Teena, a transgender man who suffers many harassments in his marginal life.

From a distance, I think Swank is a fearless actress. She made KARATE KID 4, dubious horror movies, sweet romantic movies and now he comes in a new NETFLIX series, AWAY. Ah, she gave the air of grace to an irregular policeman from Brian de Palma, THE BLACK DAHLIA, where she played a daring and slightly crazy character.

The highlight of her career is still, in my opinion, the character Maggie Fitzgerald, in the wonderful ONE MILLION DOLLAR BABY, another remarkable work by Clint Eastwood, a poor woman who literally takes her place in life with a punch, before a of the saddest and sharpest endings in the history of cinema. I think Swank’s work, under Eastwood’s baton, is one of the greatest female interpretations I’ve ever seen. An actress at the top of her art.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.