RIVER RUNS RED: Thriller Sobre um Magistrado Buscando Por Justiça

RIVERS RUN RED, do cineasta Wes Miler é um ex-advogado que se tornou cineasta e foca suas câmeras muito em temas jurídicos ligadas a racismo. Este filme de 2018 narra a história de um Juiz negro do Kentucky que vê seu jovem filho morto em uma abordagem policial por dois patrulheiros violentos. Sua busca por justiça esbarra em questões políticas municipais e federais que optam por proteger os agentes da lei, por mais que as provas da cena do crime lhes sejam comprometedoras.

O magistrado procura outro pai que igualmente teve o filho morto pelos dois agentes da lei e resolvem elaborar um plano de vingança. Filmes sobre vigilantes são muitos em quantidade e pouquíssimos que resultem em obras de qualidade. Entre tantos como DESEJO DE MATAR, OLHO POR OLHO, PEPPERMINT, acho que realmente são muito bons apenas uns poucos, como VALENTE, com Jodie Foster.

O elenco de RIVER RUNS RED (belo título que faz analogia entre um rio e a cena do crime, onde a vítima ficou em um poça de sangue durante horas), tem o astro Taye Diggs (de CHICAGO e RENT) como o magistrado Charles Coleman Sr., o pai enlutado em busca de justiça. O irregular John Cusack, cuja carreira vem em espiral descendente marca presença. George Lopez, Luke Hemsworth, Gianni Capaldi, Briana Evigan e a chinesa Jennifer Tao.

O filme, em exibição no app STARZ da Amazon Prime é um thriller que inicia acima da média, prendendo a atenção do espectador pelo conflito entre política e justiça. Achei que a segunda parte do filme – quando as esperanças de justiça por parte do pai enlutado esvanecem – o filme cai bastante, se tornando um policial comum com cenas meio sem sentido e tiroteios a granel.

Por tudo isto, RIVER RUNS RED é um filme com temas importantes que poderia ter tido melhores resultados.

RIVERS RUN RED, by filmmaker Wes Miler is a former lawyer who became a filmmaker and focuses his camera a lot on legal issues related to racism. This 2018 film tells the story of a black Kentucky judge who sees his young son killed in a police approach by two violent patrolmen. His search for justice comes up against municipal and federal political issues that choose to protect law enforcement officers, no matter how compromising the crime scene evidence is.

The magistrate looks for another father who also had his son killed by the two law enforcement officers and decide to develop a plan for revenge. Vigilante films are many in quantity and very few that result in quality works. Among so many like DEATH WISH, AN EYE FOR AN EYE, PEPPERMINT, I think that are really very good only a few, like THE ONE, with Jodie Foster.

The cast of RIVER RUNS RED (beautiful title that makes an analogy between a river and the crime scene, where the victim stayed in a pool of blood for hours), has the star Taye Diggs (of CHICAGO and RENT) as the magistrate Charles Coleman Sir, the bereaved father in search of justice. The irregular John Cusack, whose career comes in a downward spiral is present. George Lopez, Luke Hemsworth, Gianni Capaldi, Briana Evigan and the Chinese actress Jennifer Tao.

The film, shown on the Amazon Prime STARZ app, is a thriller that starts above average, holding the viewer’s attention due to the conflict between politics and justice. I thought the second part of the film – when the bereaved father’s hopes of justice fade – the film falls a lot, becoming an ordinary policeman with half-hearted scenes and mass shootings.

For all these reasons, RIVER RUNS RED is a film with important themes that could have had better results.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.