QUE O CINEMA VOLTE LOGO!

A pandemia certamente gerou muitas perdas e carências.

Nas perdas, a morte de milhares de pessoas já seria o suficiente para fazer de 2020 o ano mais triste da história.

Ser obrigado a não estar com as pessoas queridas, não poder beijar e abraçar nossos queridos é uma loucura quase insuportável.

Claro que em outro nível, entre todas as ausências, para mim, a proibição em ir ao cinema é uma que cala fundo.

Minha vida está muito ligada ao cinema.

Eu sou Kubric, Coppola, Curtiz, Spielberg, Fellini, Bergman, Allen, Lucas, Tarantino, Lynch, Risi, Scola, Diegues, Barreto, Rocha, Salles, Truffaut, Ford, Houston, Stevens, e tantos outros. Devo tanto a eles quanto aos melhores professores que tive presencialmente e a mentores da minha vida.

Alguém já disse que o escurinho do cinema é aquele manto protetor que nos permite derramar aquela lágrima que à luz do dia teria dificuldade em rolar.

Adoro ver filmes em casa e acho que os serviços de streaming aumentaram nosso acesso a filmes que dificilmente chegariam por aqui, de forma incrível e positiva.

Mas nada se compara a ver um filme na sala escura. Claro, com todos os cuidados que este vírus impõe.

A magia da tela grande iluminada ainda é (e acho que sempre será) imbatível.

The pandemic has certainly generated many losses and shortages.

In the loss, the death of thousands of people would be enough to make 2020 the saddest year in history.

Being obliged not to be with loved ones, you cannot kiss and hug our loved ones is almost unbearable madness.

Of course, on another level, among all absences, for me, the prohibition on going to the cinema is one that is silent.

My life is very much linked to the cinema.

I am Kubric, Coppola, Curtiz, Spielberg, Fellini, Bergman, Allen, Lucas, Tarantino, Lynch, Risi, Scola, Diegues, Barreto, Rocha, Salles, Truffaut, Ford, Houston, Stevens, and many others. I owe them as much as I do the best teachers I had in person and the mentors of my life.

Someone has already said that the dark cinema is that protective cloak that allows us to shed that tear that in the daytime would have difficulty rolling.

I love watching movies at home and I think that streaming services have increased our access to films that would hardly reach here, in an incredible and positive way.

But nothing compares to watching a movie in the dark room. Of course, we will need the cares that this virus imposes.

The magic of the illuminated big screen is still (and I think it always will be) unbeatable.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.