CHIMERICA: Excelente Série Inglesa Sobre Política, Verdade e Jornalismo

O app TOPIC da Amazon Prime Video está exibindo a série inglesa do CHANNEL 4 intitulada CHIMERICA. O título é um neologismo com a junção dos nomes da China e da América, representando os assuntos econômicos e políticos em comum entre os dois países. Faz uma alusão ainda à mitologia grega, onde a CHIMERA era um monstro com o corpo formado por partes de vários animais.

Baseado na premiada peça teatral da escritora inglesa Lucy Kirkwood, contando a história ficcional (até onde?) do fotógrafo Lee Berger, celebrizado por ter feito as fotos do momento em que um homem pára à frente de uma fileira de tanques de guerra chineses, na Praça Tiananmen, em 1989. O personagem foi livremente baseado no jornalista Charlie Cole- que tirou a foto original – morto em 2019.

Berger, anos depois é festejado por uma foto de uma mulher com uma criança no colo, na Syria, ameaçada por um soldado com um fuzil. Publicada na capa de centenas de jornais, a foto era uma montagem de duas imagens, o que fulmina a credibilidade de Berger como jornalista. Então ele se coloca como missão encontrar o “tank man” da foto na China e trazer à luz quem ele é.

CHIMERICA tem apenas qutro capítulos que a gente devora como uma comida deliciosa.

Além do argumento espetacular, a série tem um elenco incrível. Alessandro Nivola, o ator ítalo americano (marido da ótima Emily Mortimer) vive magistralmente o fotógrafo Berger, da glória à desgraça e em sua busca obstinada por redenção. Ao lado dele estão a excepcional atriz Cherry Jones (3 EMMYS por 24, THE HANDMAID’S TALE e SUCCESSION) e o também ótimo F.Murray Abraham (o eterno Salieiri de AMADEUS, de Milos Forman). Ainda tem Sophie Okonedo, Terry Chen, Katie Leung e Ty Simpkins.

Na série de TV, foi acrescido pela autora da peça, como pano de fundo o final da campanha que levou Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos, reforçando a discussão ética sobre fake news, verdade e mentira e influências políticas sobre o jornalismo.

A atualidade extrema dos temas tratados já bastaria para assegurar a obrigatoriedade da visão de CHIMERICA por toda pessoa interessada no mundo atual e no jornalismo.

Mas a excelência da produção do Channel 4 dá ainda um upgrade em CHIMERICA.

É uma programa maravilhoso.

The TOPIC app from Amazon Prime Video is showing the English series of CHANNEL 4 entitled CHIMERICA. The title is a neologism with the merging of the names of China and America, representing the economic and political issues in common between the two countries. It also alludes to Greek mythology, where the CHIMERA was a monster with a body formed by parts of various animals.

Based on the award-winning play by English writer Lucy Kirkwood, telling the fictional story (how far?) of photographer Lee Berger, famous for taking pictures of the moment when a man stops in front of a row of Chinese tanks, in Tiananmen Square in 1989. The character was loosely based on the journalist Charlie Cole – who took the original photo – dead in 2019.

Berger, years later, is celebrated for a photo of a woman with a child on her lap in Syria, threatened by a soldier with a rifle. Published on the cover of hundreds of newspapers, the photo was a montage of two images, which undermines Berger’s credibility as a journalist. So he puts himself on a mission to find the “tank man” in the photo in China and bring to light who he is.

CHIMERICA has only four chapters that we devour as delicious food.

In addition to the spectacular script, the series has an incredible cast. Alessandro Nivola, the Italian American actor (husband of the great Emily Mortimer) masterfully lives the photographer Berger, from glory to disgrace and in his obstinate search for redemption. Beside him are the exceptional actress Cherry Jones (3 EMMYS for 24, THE HANDMAID’S TALE and SUCCESSION) and also the great F.Murray Abraham (the eternal Salieiri of AMADEUS, by Milos Forman). There are still Sophie Okonedo, Terry Chen, Katie Leung and Ty Simpkins.

In the TV series, the author of the play added the backdrop to the end of the campaign that led Donald Trump to the Presidency of the United States, reinforcing the ethical discussion about fake news, truth and lies and political influences on journalism.

The extreme timeliness of the topics covered would already be enough to ensure the mandatory view of CHIMERICA by everyone interested in the world today and in journalism.

But the excellence of Channel 4’s production still gives an upgrade in CHIMERICA.

It is a wonderful program.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.