BEST SELLER: REVELAÇÕES DE FAMÍLIA – Filme Ótimo Sobre Irmãos, Pais, Fotografias, Amores e Vida

BEST SELLER: REVELAÇÕES DE FAMÍLIA, (PEEP WORLD), filme dirigido pelo cineasta Barry W. Blaustein (roteirista dos piores filmes de Eddie Murphy) é uma surpreendente sátira sobre relações familiares em uma rica família em Los Angeles. Está disponível na Apple TV.

Os filhos são quatro: Nathan Meyerwitz (Ben Schwarz) aparentemente é o de maior sucesso. Escritor, acabou de lançar o best seller PEEP WORLD, uma arrasador retrato de seus irmãos que o colocou como celebridade nacional. Mas um grave problema de ejaculação precoce lhe atormenta avida sexual e emocional.

Joel Meyerwitz (Rian Wilson) é o filho que menos deu certo. Deve para agiotas, vive de pequenos golpes no irmão arquiteto, mora em uma pocilga alugada e está permanentemente iniciando algo que vai mudar sua vida.

Jack Meyerwitz (Michael C. Hall) é um arquiteto estabelecido que se frustra a cada vez que seus projetos são rejeitados pelas construtoras locais. Desde adolescente tem o hábito de frequentar uma sex shop para práticas solitárias.

Cheri Meyerwitz (a ótima Sarah Silverman) é um “projeto de Amy Winehouse que não deu certo”, segundo definiu o, livro do irmão. Atriz frustrada, vive de cirurgia plástica em cirurgia plástica em busca de se aceitar fisicamente. Está processando o irmão pelo retrato cruel que fez dela no livro.

O patriarca é Henry Meyerwitz (Ron Rifkin), um mega construtor imobiliário que pouco esteve presente na criação dos filhos pela ex-esposa Marilyn (Lesley Ann Warren). Hoje vie namorando meninas bem mais jovens, como a atriz iniciante Amy Harrison (Alicia Witt), escalada para viver Cheri no filme que está sendo feito a partir do polêmico livro de Nathan.

As parcerias dos filhos são outro ponto de interesse: Jack é casado com Laura (Judy Greer) uma mulher ciumenta que está grávido do primeiro filho. Joel namora uma policial afro Mary (a ótima Taraji P. Henson), Nathan está envolvido com a jovem P.R. encarregada da divulgação de seu livro, a linda Meg (Kate Mara). Finalmente, Cheri segue saindo sem assumir com Ephraim (Stephen Tobolowsky), um estudioso da religião judaica louco para casar com ela.

Toda esta turma se reune uma vez por ano, em um restaurante de luxo para comemorar o aniversário do patriarca. este ano quando ele faz 70 anos, e os ânimos entre os filhos estão – para dizer o mínimo – tensos, o jantar tem tudo para ser um desastre.

O filme tem piadas maravilhosas. O olhar cínico e crítico do roteiro sobre todas estas relações e situações cria uma história incrivelmente interessante de se ver. Inteligente, mordaz, ácido, os diálogos são primorosos.

PEEP WORLD merece demais ser visto. É entretenimento de ótimo nível.

PEEP WORLD, a film directed by filmmaker Barry W. Blaustein (screenwriter for the worst films by Eddie Murphy) is an amazing satire about family relationships in a wealthy family in Los Angeles. It is available on Apple TV.

The children are four: Nathan Meyerwitz (Ben Schwarz) is apparently the most successful. Writer, he just released the best seller PEEP WORLD, a devastating portrait of his brothers that made him a national celebrity. But a serious problem of premature ejaculation plagues his sexual and emotional life.

Joel Meyerwitz (Rian Wilson) is the least successful son. He owes money to loan sharks, lives from small coups on his architect brother, lives in a rented pigsty and is permanently starting something that will change his life.

Jack Meyerwitz (Michael C. Hall) is an established architect who is frustrated every time his designs are rejected by local construction companies. Since he was a teenager he has been in the habit of going to a sex shop for solitary practices.

Cheri Meyerwitz (the great Sarah Silverman) is an “Amy Winehouse project that didn’t work out,” as she is defined in her brother’s book. A frustrated actress, she lives from plastic surgery to plastic surgery in search of accepting herself physically. She is suing her brother for the cruel portrait he took of her in the book.

The patriarch is Henry Meyerwitz (Ron Rifkin), a mega real estate builder who had little presence in raising his children by ex-wife Marilyn (Lesley Ann Warren). Today he dates much younger girls, such as the beginning actress Amy Harrison (Alicia Witt), scheduled to live Cheri in the film that is being made from Nathan’s controversial book.

The children’s partnerships are another point of interest: Jack is married to Laura (Judy Greer), a jealous woman who is pregnant with her first child. Joel is dating an afro police officer Mary (the great Taraji P. Henson), Nathan is involved with the young P.R. in charge of promoting his book, the beautiful Meg (Kate Mara). Finally, Cheri keeps going out without taking over with Ephraim (Stephen Tobolowsky), a scholar of the Jewish religion eager to marry her.

This whole group meets once a year, in a luxury restaurant to celebrate the patriarch’s birthday. This year when he is 70, and moods among his children are – to say the least – tense, dinner has everything to be a disaster.

The film has wonderful jokes. The script’s cynical and critical eye on all these relationships and situations creates an incredibly interesting story to see. Intelligent, scathing, acid, the dialogues are exquisite.

PEEP WORLD deserves a lot to be seen. It’s great entertainment.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.