ALIENS: 25 Anos da Volta do Monstro Babão by James Cameron

Incrivelmente este ano o filme ALIENS, de James Cameron está fazendo 25 anos de seu lançamento.

Como eu tinha gostado muito de ALIEN, O OITAVO PASSAGEIRO, de Ridley Scott, lembro que fui ao cinema Cacique, no centro de Porto Alegre com os dois pés atrás para ver a continuação das aventuras da Tenente Ripley, magnífica criação de Sigourney Weaver.

Mas tinha a favor o fato de ser dirigido pelo canadense James Cameron, o sujeito que dois anos antes tinha feito o mega cult O EXTERMINADOR DO FUTURO.

ALIENS foi um show de competência. Sai do cinema em dúvida sobre qual dos dois filmes (inteiramente diferentes) era melhor. A idade me mostrou que o de Ridley Scott, com seu terror gótico espacial era superior.

Mas a aventura alucinante de ALIENS foi realmente um grande filme. Sigourney se firmou como estrela. O roteiro de James Cameron e Walter Hill não deixava a gente respirar.

ALIENS foi o segundo sucesso do monstro mais babão e assustador do cinema.

Viriam outros capítulos. Nem tão bons.

Mas até hoje a gente sonha com o monstro abrindo a bocarra e deixando a baba ácida correr. Antológico.

Incredibly this year James Cameron‘s ALIENS film is 25 years since its release.

As I had liked a lot ALIEN, by Ridley Scott, I remember that I went to the Cacique cinema, in downtown Porto Alegre with both feet behind to see the continuation of the adventures of Lieutenant Ripley, magnificent creation of Sigourney Weaver.

But he was in favor of being directed by the Canadian James Cameron, the guy who two years earlier had made the mega cult TERMINATOR.

ALIENS was a show of talent and competence. I left the movie theatre in doubt as to which of the two (entirely different) films was better. Age showed me that Ridley Scott‘s, with his gothic space terror, was superior.

But ALIENS ‘mind-blowing adventure was really a great movie. Sigourney has established herself as a star. The screenplay by James Cameron and Walter Hill didn’t let us breathe.

ALIENS was the second success of the most drooling and scary monster in the cinema.

Other chapters would come. Not so good.

But even today, we dream of the monster opening its mouth and letting acidic drool run. Anthological.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.