ARGENTINA, by Carlos Saura: Um Filme Maravilhoso

Ontem recebi no Facebook uma propaganda do serviço de streaming RESERVA IMOVISION. Fui dar uma olhada. Terminei assinando e estreei vendo o filme ARGENTINA, do cineasta espanhol Carlos Saura, um dos meus diretores favoritos em todos os tempos.

Depois de fazer filmes imortais como CRIA CUERVOS, BODAS DE SANGUE e ELISA VIDA MIA, Saura tem se dedicado a documentar gêneros musicais: FLAMENCO e TANGO são filmes exemplares.

Em ARGENTINA, Saura (hoje com 89 anos) foca gêneros musicais do folclore argentino, mostrando suas raízes e sua herança.

O imenso senso cinematográfico de Saura é evidente em cada cena. O desafio de apresentar cada número musical com atratividade visual (o uso das cores é incrível) e presença dramática de músicos, cantores e bailarinos era um desafio gigante.

Mas o talento de Saura é superior. O filme é excelente. Emocionante e visualmente deslumbrante.

Yesterday I received on Facebook an advertisement for the streaming service RESERVA IMOVISION. I went to take a look. I ended up signing and debuted watching the film ARGENTINA (ZONDA), by Spanish filmmaker Carlos Saura, one of my favorite directors at all times.

After making immortal films such as CRIA CUERVOS, BODAS DE SANGRE and ELISA VIDA MIA, Saura has dedicated herself to documenting musical genres: FLAMENCO and TANGO are exemplary films.

In ARGENTINA, Saura (now 89) focuses on musical genres of Argentine folklore, showing their roots and their heritage.

Saura’s immense cinematic sense is evident in each scene. The challenge of presenting each musical number with visual attractiveness (the use of colors is incredible) and the dramatic presence of musicians, singers and dancers was a giant challenge.

But Saura’s talent is superior. The film is excellent. Exciting and visually stunning.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.