ALTMAN: Documentário do EPIX é uma Jóia Rara Sobre um Gênio

Ontem encontrei no app EPIX um maravilhoso documentário feito pelo cineasta canadense Ron Mann sobre ninguém mais, ninguém menos do que Robert Altman, certamente um dos meus cineastas favoritos.

O filme percorre as brigas de Altman com os estúdios de Hollywood durante os 55 anos de sua carreira.

O material do filme é precioso. Mostra, por exemplo, um episódio da série COMBATE!, dirigido por Altman no qual o Sargento Saunders enlouquece com a violência da guerra e leva o cadáver de um oficial nazista por horas a fio. Claro que esta visão crítica sobre a guerra não era nem um pouco o objetivo da série de TV. Altman foi demitido.

Crítico contumaz da Guerra do Vietnam e de Richard Nixon, ele conta, em outro trecho do filme que certa vez recebeu pelo correio um exemplar autografado de uma biografia do Ex-Presidente Nixon, agradecendo seu precioso apoio por décadas. Com medo que seus descendentes encontrassem este livro com a dedicatória equívoca, Altman disse que Nixon o forçou a queimar um livro.

A terceira esposa de Altman, a atriz Katryn Reed (que ele conheceu filmando uma série de TV) vai narrando tudo, inclusive um pequeno derrame, problemas cardíacos e a morte por leucemia no ano de 2006, Altman foi um guerreiro pela liberdade de criar.

O documentário somente aumentou minha admiração pelo diretor de M.A.S.H., O JOGADOR e ASSASSINATO EM GOSSFORD PARK.

Altman foi um gênio do cinema.

Yesterday I found on the EPIX app a wonderful documentary made by Canadian filmmaker Ron Mann about none other than Robert Altman, certainly one of my favorite filmmakers.

The film ALTMAN covers Altman’s fights with Hollywood studios during his 55-year career.

The film material is precious. It shows, for example, an episode of the series COMBAT!, directed by Altman in which Sergeant Saunders goes crazy with the violence of war and takes the corpse of a Nazi officer for hours. Of course, this critical view of the war was not the goal of the TV series at all. Altman was fired.

A staunch critic of the Vietnam War and Richard Nixon, he says, in another part of the film that he once received a signed copy of a biography of Former President Nixon in the mail, thanking him for his precious support for decades. Afraid that his descendants would find this book with the wrong dedication, Altman said that Nixon forced him to burn a book.

Altman’s third wife, actress Katryn Reed (whom he met filming a TV series) narrates everything, including a minor stroke, heart problems and death from leukemia in 2006, Altman was a warrior for the freedom to create.

The documentary only increased my admiration for the director of M.A.S.H., THE PLAYER and GOSSFORD PARK.

Altman was a film genius.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.