CORPO E ALMA: Drama Húngaro Ganhador do Urso de Ouro é Sensível e Emotivo

O site da IMOVISION tem em seu cardápio o drama CORPO E ALMA, filme húngaro dirigido pela cineasta Ildikó Enyedi, vencedor do Urso de Ouro de Melhor Filme no Festival de Berlim de 2017.

Há muitos elementos de alto interesse em CORPO E ALMA.

Ver um filme húngaro já é uma raridade. Dirigido por uma mulher mais ainda. O filme traz a sensibilidade especial de Enyedi, ao contar sua história.

É a relação entre dois personagens pouco glamurizados. Ele é um veterano chefe administrativo de um matadouro de gado em Budapest, que tem o braço esquerdo paralisado. Ela é uma inspetora sanitária absolutamente solitária que vai trabalhar no mesmo matadouro.

Os atores Géza Morcsányl e Alexandra Borbély estão incríveis como Endre e Mária, uma dupla tão comum quanto fascinante.

Mas o grande achado do filme são as cenas no Bükk National Park, na Hungria. Os cervos filmados magnificamente no parque completamente nevado são encantadores. O melhor é que eles representam os dois protagonistas de um modo altamente criativo imaginado pelo roteiro.

Outro ponto que faço questão de mencionar. Apesar de toda a história se passar em um matadouro de gado, a cineasta teve o bom gosto de evitar qualquer cena de maior violência contra animais no filme.

CORPO E ALMA é o típico filme autoral que a gente pouco vê.

Uma história de amor sensível, triste e bonita. Como poucas.

The IMOVISION website has in its menu the drama BODY AND SOUL, a Hungarian film directed by female  filmmaker Ildikó Enyedi, winner of the Golden Bear for Best Film at the 2017 Berlin Film Festival.

There are many elements of high interest in BODY AND SOUL.

Seeing a Hungarian film is already a rarity. Made by a woman even more so. The film brings Enyedi’s special sensibility as it tells her story.

It’s the relationship between two unglamorized characters. He is a veteran administrative head of a cattle slaughterhouse in Budapest who has a paralyzed left arm. She is an absolutely solitary sanitary inspector who goes to work in the same slaughterhouse.

Actors Géza Morcsányl and Alexandra Borbély are amazing as Endre and Mária, a duo as common as  fascinating.

But the great find of the movie is the scenes in the Bükk National Park in Hungary. The deers filmed magnificently in the completely snowy park are enchanting. The best part is that they represent the two protagonists in a highly creative way imagined by the script.

Another point I make a point of mentioning. Although the entire story takes place in a cattle slaughterhouse, the filmmaker had the good taste to avoid any scenes of greater violence against animals in the film.

BODY AND SOUL is the typical authorial film that we hardly see.

A sensitive, sad and beautiful love story. How few.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.