O SEGREDO DE CHURCHILL: Telefilme Anglo-Americano da PBS Sobre a Saúde do Primeiro Ministro

O SEGREDO DE CHURCHILL, de Charles Sturridge é um telefilme que conta a história (real?) de um derrame que o famoso Primeiro Ministro inglês teria sofrido no Verão de 1953, sendo isolado para tratamento em na Chartwell House, em Kent, nos arredores de Londres.

Um enfermeira especializada em idosos é trazida sob segredo para cuidar dele.

A narrativa é bastante interessante e muito valorizada pelo excelente trabalho do ator irlandês Michael Gambon como Winston Churchill. Lady Churchill é feita por Lindsay Duncan, a enfermeira Appleyard pela diretora e atriz Romola Garai e o médico do PM pelo ótimo ator Bill Paterson.

O realismo da narrativa é altamente atraente. Embora a gente saiba que Churchill sobreviveu ao derrame, o filme consegue valorizar cada etapa de sua doença e posterior recuperação.

Destaque para o papel da enfermeira que a certo ponto é confrontada pelo arrogante filho de Churchill com o famoso “você sabe com quem está falando?” A resposta é: “Se você vai perturbar meu paciente, não importa que seja a Rainha de Sheba!”

Uma boa lição.

THE SECRET OF CHURCHILL, by Charles Sturridge is a telefilm that tells the (real?) story of a stroke that the famous English Prime Minister suffered in the summer of 1953, being isolated for treatment at Chartwell House, Kent, on the outskirts of London.

A nurse specializing in the elderly is brought in secretly to take care of him.

The narrative is very interesting and highly valued by the excellent work of Irish actor Michael Gambon as Winston Churchill. Lady Churchill is played by Lindsay Duncan, Nurse Appleyard by director and actress Romola Garai, and PM doctor by great actor Bill Paterson.

The realism of the narrative is highly appealing. Although we know that Churchill survived the stroke, the film manages to value each stage of his illness and subsequent recovery.

Highlights to the role of the nurse who at one point is confronted by the arrogant son of Churchill with the famous “do you know who are you talking to?” The answer is, “If you’re going to upset my patient, it doesn’t matter if you’re the Queen of Sheba!”

A good lesson.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.