ABEL FERRARA, 70 Anos: Um Cinema Autoral e Inconfundível

São raros os cineastas que a gente identifica antes de ler o nome dela, vendo apenas algumas cenas do filme. Abel Ferrara, o novaiorquino que hoje faz 70 anos é um deles.

Mostrar histórias e personagens do submundo de Nova Iorque, seja em filmes de ficção, seja em documentários, é sua predileção e especialidade.

Há dois filmes dele que fizeram enorme sucesso de crítica: O REI DE NOVA IORQUE e VÍCIO FRENÉTICO. Além de um roteiro forte e contundente, os dois filmes têm em comum personagens marginalizados interpretados magnificamente por dois ótimos atores, provavelmente em um de seus melhores trabalhos: Christopher Walken no primeiro e Harvey Keitel no segundo. São os filmes assinatura de Abel Ferrara.

Seus filmes são duros de ver, violentos ao extremo, contundentes, desesperançados. Mas o brilhantismo de seu conhecimento cinematográfico transparece nos detalhes de seu jeito único de filmar.

Lendo a biografia de Ferrara vi que ele fez o Filme MARY, em 2005. A Virgem Maria entrega uma mensagem a uma menina de 11 anos. Com Juliette Binoche, Marion Cottillard, Forest Whitaker, Matthew Modine e Heather Graham. Vou atrás hoje sem falta.

Abel Ferrara é único.

There are rare filmmakers that we identify before reading her name, seeing only a few scenes from the movie. Abel Ferrara, the New Yorker who is today 70 years old, is one of them.

Showing stories and characters from the New York underworld, whether in fiction films or documentaries, is his predilection and specialty.

There are two of his films that have been huge critical successes: THE KING OF NEW YORK and BAD LIEUTENANT. In addition to a strong and forceful script, the two films have in common marginalized characters played magnificently by two great actors, probably in one of their best works: Christopher Walken in the first and Harvey Keitel in the second. These are the signature films of Abel Ferrara.

His movies are hard to watch, violent in the extreme, blunt, hopeless. But the brilliance of his cinematographic knowledge shines through in the details of his unique way of filming.

Reading Ferrara’s biography, I saw that he made the Movie MARY, in 2005. The Virgin Mary delivers a message to an 11-year-old girl. With Juliette Binoche, Marion Cottillard, Forest Whitaker, Matthew Modine and Heather Graham. I’m going after today without fail.

Abel Ferrara is unique.


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.