MUNDO EM CAOS: Melhor do que Disseram, Pior do que Poderia Ser

Os serviços de streaming (NOW, Apple TV+, Amazon Prime etc) estão apresentando o filme MUNDO EM CAOS, que o novaiorquino Doug Liman dirigiu em 2021, estrelando o homem-aranha da MARVEL, Tom Holland e a Ray de STAR WARS, a ótima Daisy Ridley.

Em um futuro distópico, um planeta que não tem mais mulheres se caracteriza pelo fato de que os pensamentos das pessoas ficam expostas para todos os outros através de uma fumaça colorida sobre as cabeças. Achei muito interessante que o roteiro de Christopher Ford e Patrick Ness tenha imaginado o fim da intimidade e da privacidade através desta publicidade dos pensamentos de todos.

Neste contexto quase de terror, um jovem encontra os destroços de uma nave espacial que caiu no planeta, de onde sai a única sobrevivente, uma jovem astronauta apavorada com o acidente, com o ambiente estranho e hostil e com urgência de contatar seus pares.

O charme inegável da atriz Daisy Ridley (vivendo a astronauta Viola) e do jovem Todd (Tom Holland) carrega o filme. É muito interessante seguir as aventuras dos dois enquanto suavemente vai se desenvolvendo uma atração entre eles. É o segundo ponto positivo do filme.

O terceiro atrativo do filme é o vilão. O grande Mads Mikkelsen faz o Prefeito local, um espécie de pequeno ditador com instintos violentos. Ele faz parte de um elenco ótimo, onde estão ainda Damián Bichir, David Oleyovo e Cintia Erivo, todos ótimos atores.

É absoluta verdade – como disseram as críticas – que o filme tem uma certa ingenuidade. Há momentos em que ele parece meio teen e pouco adulto. Mas na maior parte do tempo gostei da narrativa, absolutamente original e criativa.

Veja MUNDO EM CAOS. É um filme de ficção científica bastante interessante e cheio de qualidades.

Streaming services (NOW, Apple TV+, Amazon Prime, etc) are featuring the film CHAOS WALKING, which New Yorker Doug Liman directed in 2021, starring MARVEL Spider-Man Tom Holland and STAR WARS‘ Ray , the great Daisy Ridley.

In a dystopian future, a planet that has no more women is characterized by the fact that people’s thoughts are exposed to everyone else through colored smoke over their heads. I found it very interesting that the screenplay by Christopher Ford and Patrick Ness imagined the end of intimacy and privacy through this publicity of everyone’s thoughts.

In this almost terror-stricken context, a young man finds the wreckage of a spaceship that crashed on the planet, from which the only survivor emerges, a young female astronaut terrified of the accident, the strange and hostile environment and urgently contacting her pairs.

The undeniable charm of actress Daisy Ridley (playing astronaut Viola) and young Todd (Tom Holland) carries the film. It is very interesting to follow their adventures while an attraction between them gently develops. It is the second positive point of the film.

The third attraction of the movie is the villain. The great Mads Mikkelsen plays the local Mayor, a sort of little dictator with violent instincts. He’s part of a great cast, including Damián Bichir, David Oleyovo and Cintia Erivo, all great actors.

It is absolutely true – as the reviews said – that the film has a certain naivety. There are times when he seems half teen and not grown up. But most of the time I liked the narrative, absolutely original and creative.

See CHAOS WALKING. It’s a very interesting science fiction film full of qualities.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.