TED LASSO 2: O Episódio de Natal

Já escrevi aqui que uma das joias ocultas do streaming é a série TED LASSO, da Apple TV+.

Começou muito na moita, como uma comédia classe B, estrelada pelo talentoso humorista americano Jason Sudeikis, vivendo o papel de um técnico de futebol americano universitário que é propositadamente contratado por um pequeno time da Premier League (Richmond) para ser seu técnico de soccer (o nosso futebol).

A maneira dele superar o total desconhecimento sobre o “outro” esporte (magistralmente registrado quando tentam lhe explicar a regra do impedimento) é o emprego de seus melhores talentos na arte de unir as pessoas e fazê-las sentir parte de um grupo.

Ontem eu vi o quarto episódio da segunda temporada, CAROL OF THE BELLS, o episódio de Natal da série.

É tradicional das séries americanas usarem datas importantes para fazer episódios “especiais”com seus personagens. São comuns os capítulos que referenciam o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving), o 4 de Julho e, principalmente o Natal.

Reforçando a excelência da série, este episódio de TED LASSO é muito bem roteirizado e filmado. Já ficou certo que grande parte do êxito de TED LASSO (7 Emmy Awards) vem da abordagem profunda (mas sem perder o humor) de temas modernos que afligem todos os países.

O tema dos imigrantes e refugiados, por exemplo, é um deles. Neste episódios de Natal, o contador do Richmond resolver convidar para a ceia de Natal em sua casa, todos os jogadores que são de outros países e, portanto, estão sem suas famílias na Inglaterra. Como a Championship League tem jogos no Dia de Natal, é impossível eles irem aos seus países. Solidão? Nada. Todos se reunem para um divertido e multicultural jantar de Natal.

Outro exemplo de como abordar um tema difícil: um dos astros do time, o nigeriano Sam Obisanya (o ótimo ator Toheeb Jomoh) faz um comercial da principal patrocinadora do time, a Dubai Airlines. É alertado por um telefonema de seu Pai, direto da Nigéria que o meio ambiente por lá é degradado por uma empresa do Grupo da Linha Aérea. Imediatamente, ele procura a Presidente do Richmond para dizer que não quer mais ser a cara da empresa.

TED LASSO ainda está buscando se fixar como uma das séries cômicas de maior qualidade da história. O fato de ser bem restrita lhe prejudica neste desejo.

Mas que TED LASSO está se empenhando, isto está. É merecedor de reconhecimento.

I’ve already written here that one of the hidden gems of streaming is Apple TV+’s TED LASSO series.

It started hidden as a class B comedy starring talented American comedian Jason Sudeikis, playing the role of a college football coach who is purposefully hired by a small Premier League team (Richmond) to coach of soccer (our football).

The way he overcomes total ignorance about the “other” sport (masterfully recorded when they try to explain the offside rule to him) is to employ his best talents in the art of bringing people together and making them feel part of a group .

Yesterday I saw the fourth episode of season two, CAROL OF THE BELLS, the Christmas episode of the series.

It is traditional for American series to use important dates to make “special” episodes with their characters. Chapters that refer to Thanksgiving, July 4th, and especially Christmas are common.

Reinforcing the excellence of the series, this episode of TED LASSO is very well scripted and filmed. It is now certain that a large part of the success of TED LASSO (7 Emmy Awards) comes from the deep approach (but without losing the humor) of modern themes that afflict all countries.

The theme of immigrants and refugees, for example, is one of them. In these Christmas episodes, Richmond’s accountant decides to invite all the players who are from other countries and therefore without their families in England to Christmas supper in his house. As the Championship League has games on Christmas Day, it’s impossible for them to go home. Loneliness? Nothing. Everyone gathers for a fun and multicultural Christmas dinner.

Another example of how to tackle a difficult topic: One of the team’s stars, Nigerian Sam Obisanya (great actor Toheeb Jomoh) does a commercial for the team’s main sponsor, Dubai Airlines. He is alerted by a phone call from his father, direct from Nigeria, that the environment there is being degraded by an airline group company. Immediately, he goes to the President of Richmond to say that he no longer wants to be the face of the company.

TED LASSO is still looking to establish itself as one of the highest quality comedy series in history. The fact that it is very restricted harms this desire.

But what TED LASSO is striving for, this is. It deserves recognition.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.