IMPERDOÁVEL: Drama Rasgado com Sandra Bullock é Pesado e Emotivo

A atriz americana Sandra Bullock assinou um contrato para fazer produções originais da NETFLIX. O primeiro título foi BIRD BOX, uma fantasia distópica que tinha muito mais méritos que defeitos.

Chega agora à NETFLIX, um novo trabalho de Sandra Bullock. O filme é IMPERDOÁVEL (THE UNFORGIVABLE), dirigido pela cineasta alemã Nora Fingscheidt (uma curta-metragista e documentarista entrando no ramo do streaming). Este novo trabalho é uma refilmagem da mini série inglesa UNFORGIVEN, de 1999, estrelada por Suranne Jones.

O filme mostra uma ex-presidiária (Ruth Slater) que foi condenada a mais de vinte anos detida pelo assassinato de um policial e é libertada bem antes por bom comportamento. O mundo lá fora vai resistir a esquecer o crime que ela cometeu, considerando que o morto era um policial muito bem quisto na comunidade.

Principalmente, a família do morto está inconformada com a soltura da criminosa e discute internamente que vingança tomar.

Para piorar, Ruth tem sua própria agenda. Ela quer reencontrar sua irmã (que tinha 5 anos na época do crime) e hoje, adotada vive em uma nova família e é uma jovem e talentosa pianista.

Sandra Bullock – bem desglamourizada – faz uma ótima interpretação como Ruth. Mantém o tempo todo uma expressão fechada, dura, desesperançada pelas agruras que a vida lhe impôs (e ainda vai impor).

Viola Davis, Vincent D’Onofrio e John Bernthal compõem um elenco de alta qualidade. Fica a sensação de que eles pareceram pouco no filme, mas acho que isto é mais desejo do espectador em ver mais estes talentosos atores do que falhas do filme.

A diretora Nora se saiu bem em fazer um filme frio e duro, como o estado de espírito da protagonista.

THE UNFORGIVABLE é um filme desencantado. Mas muito bem feito.

American actress Sandra Bullock signed a contract to make original productions for NETFLIX. The first title was BIRD BOX, a dystopian fantasy that had more merits than flaws.

Now comes to NETFLIX, a new work by Sandra Bullock. The film is THE UNFORGIVABLE, directed by German filmmaker Nora Fingscheidt (a short filmmaker and documentarian entering the streaming business). This new work is a remake of the 1999 British miniseries UNFORGIVEN, starring Suranne Jones.

The film shows an ex-convict (Ruth Slater) who was sentenced to more than twenty years in prison for the murder of a police officer and is released much earlier for good behavior. The outside world will resist forgetting the crime she committed, considering the dead man was a very well-liked police officer in the community.

Mostly, the deceased’s family is unhappy with the criminal’s release and internally discusses what revenge to take.

To make matters worse, Ruth has her own schedule. She wants to meet her sister (who was 5 at the time of the crime) and today, adopted, lives in a new family and is a young and talented pianist.

Sandra Bullock – quite unglamorous – makes a great interpretation as Ruth. She keeps a closed, hard expression at all times, despairing of the hardships that life has imposed on her (and will still impose on her).

Viola Davis, Vincent D’Onofrio and John Bernthal make a high quality cast. I get the feeling that they looked little in the film, but I think this is more the viewer’s desire to see more of these talented actors than the film’s flaws.

Director Nora did well in making a film that was cold and hard, just like the main character’s mood.

THE UNFORGIVABLE is a disenchanted film. But very well done.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.