LAST LOOKS: P.I. Investiga Crime em Hollywood

A Apple TV+ mostra o novíssimo LAST LOOKS, um filme dirigido pelo cineasta australiano Tim Kirkby (FLEABAG), uma trama policial sobre um Private Investigator (Detetive Particular) que é contratado para investigar a acusação de assassinato que pesa sobre um ator de TV muito famoso em Hollywood.

Alcoólatra contumaz, Alastair Pinch (Mel Gibson buscando retomar sua carreira) teve uma noite de apagão quando sua esposa é encontrada morta com uma pancada na cabeça na mansão do casal.

O P.I. é Charlie Waldo (o inglês Charlie Hunnam, de KING ARTHUR) , um ex-policial que terminou sua carreira depois de uma prisão ilegal que deixou um inocente preso por 7 anos. Ele se tornou um eremita e vive em um trailer despojado num local ermo próximo de Los Angeles.

Sua paixão, a bela Lorena Nascimento (Morena Baccarin) lhe procura com a proposta de voltar para fazer mais esta investigação.

Waldo reluta, mas aceita a missão.

Vai voltar a se encontrar com um mundo que ele abandonara. Traições, corrupção, violência policial, mentiras e violência em Hollywood.

Os personagens são o milionário produtor de TV Wilson Sikorsky (Rupert Friend), a linda e enigmática professora Jayne White (Lucy Frye), o gângster Don Q (Jacob Scipio), a advogada de celebridades Fontella Davies (Robin Givens) e o policial Big Jim Cuppy (Calcy Brown).

Este mosaico de suspeitos envolve Waldo.

O filme tem um certo tom cômico que cai bem com a trama policial meio farsesca e exagerada.

O crime em si é o menos importante. O retrato de uma Hollywood desestruturada e maluca é o foco principal da câmera de Kirkby.

Como eu gosto muito de histórias de P.I.s, vi com satisfação a história de Waldo.

Nada que chegue perto dos clássicos como Marlowe e Spade, mas um filme divertido de se assistir.

Apple TV+ is showing the new LAST LOOKS, a film directed by Australian filmmaker Tim Kirkby (FLEABAG), a crime thriller about a Private Investigator who is hired to investigate the murder charge that weighs on an actor from TV very famous in Hollywood.

A relentless alcoholic, Alastair Pinch (Mel Gibson looking to resume his career) has a blackout night when his wife is found dead from a blow to the head at the couple’s mansion.

The P.I. is Charlie Waldo (English Charlie Hunnam, from KING ARTHUR) , a former police officer who ended his career after an illegal arrest that left an innocent prisoner for 7 years. He became a hermit and lives in a barebones trailer in a remote location near Los Angeles.

His passion, the beautiful Lorena Nascimento (Morena Baccarin) comes to him with the proposal to return to do the investigation.

Waldo is reluctant, but accepts the mission.

He will find himself again with a world he had abandoned. Betrayals, corruption, police violence, lies and violence in Hollywood.

The characters are millionaire TV producer Wilson Sikorsky (Rupert Friend), beautiful and enigmatic schoolteacher Jayne White (Lucy Frye), gangster Don Q (Jacob Scipio), celebrity attorney Fontella Davies (Robin Givens) and police officer Big Jim Cuppy (Clancy Brown).

This mosaic of suspects involves Waldo.

The film has a certain comic tone that goes well with the somewhat farcical and exaggerated police plot.

The crime itself is the least important thing. The portrayal of an unstructured and crazy Hollywood is the main focus of Kirkby’s camera.

As I love P.I.s stories, I was pleased to see Waldo’s story.

Nothing close to classics like Marlowe and Spade, but a fun movie to watch.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.