O OUTRO: Thriller Australiano Cria Trama Brilhante Sobre o Segundo Livro de uma Escritora

O STAN é um serviço de streaming australiano que também (como os outros) arrisca, volta e meia, produções originais. No NOW encontrei O OUTRO (mau título para THE SECOND), um filme australiano, produção original da STAN narrando a história de uma escritora que se isola com o editor/namorado para tentar furar o bloqueio do segundo livro.

Eles vão passar duas semanas na casa do pai dela, abandonada desde a morte dele, também um escritor de passado e hábitos meio misteriosos. A escritora fez muito sucesso com seus primeiro livro, uma espécie de memórias eróticas passadas. O livro também incluía a morte acidental de um jovem rapaz da região.

Ao chegarem lá, editor e escritora vão ter várias surpresas: um taciturno irmão do jovem falecido parece ter demandas do passado a resgatar e a melhor amida da escritora (creditada como a Musa) que chega de surpresa depois de terminar um relacionamento abusivo.

O roteiro é excelente. Nada é o que parece. Enquanto a escritora quer silêncio para trabalhar, seu editor quer sexo em doses generosas e a musa quer bebedeiras e jogos de sedução.

Qual a verdadeira história do primeiro livro? O que houve com o rapaz que morreu supostamente afogado? Qual o papel do escritor pai na trama?

THE SECOND é brilhante exatamente porque o não dito tem a mesma importância do dito explicitamente. O triângulo dos protagonistas vai aumentando o tom a cada encontro. Como vai terminar este segundo livro.

Embora o final fique meio óbvio a partir de certo ponto do filme, não se pode deixar de reconhecer a criatividade da história, a excelência da produção e o talento da diretora Mairi Cameron (natural da própria Queensland onde foi filmado THE SECOND) em criar suspense, erotismo e mistério.

Rachael Blake (the writer), Susie Porter (the muse) e Vince Colosimo (the editor) fazem um trio excelente para levar uma trama com muitas surpresas.

Recomendo vivamente que quem se deparar com THE SECOND, veja o filme. É um belo exercício de cinema vindo do interior da Austrália.

STAN is an Australian streaming service that also (like the others) risks, every now and then, original productions. At NOW I found THE SECOND, an Australian film, original production by STAN narrating the story of a female writer who isolates herself with her editor/boyfriend to try to break the blockade of the second book.

They will spend two weeks at her father’s house, abandoned since his death, also a writer with a somewhat mysterious past and habits. The writer was very successful with her first book, a kind of past erotic memories. The book also included the accidental death of a young boy from the region.

When they get there, the editor and writer will be in for several surprises: a brooding brother of the deceased young man seems to have demands from the past to rescue and the writer’s best friend (credited as the Muse) who arrives by surprise after ending an abusive relationship. .

The script is excellent. Nothing is what it seems like. While the writer wants silence to work, her editor wants sex in generous doses and the muse wants drunkenness and seduction games.

What is the real story of the first book? What happened to the boy who died supposedly by drowning? What is the role of the father writer in the plot?

THE SECOND is brilliant precisely because the unsaid is just as important as the explicitly said. The protagonists’ triangle increases in tone with each encounter. How will this second book end?

Although the ending becomes obvious from a certain point in the film, one cannot fail to recognize the creativity of the story, the excellence of the production and the talent of the director Mairi Cameron (natural from Queensland itself, where THE SECOND was filmed) in creating suspense, eroticism and mystery.

Rachael Blake (the writer), Susie Porter (the muse) and Vince Colosimo (the editor) make an excellent trio to lead a plot with many surprises.

I strongly recommend that anyone who comes across THE SECOND, see the film. It’s a beautiful exercise in cinema coming from the Australian outback.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s