O TRAIDOR: Filme de Bellocchio Faz Autópsia do Caso Tomasso Buschetta

No dia 23 de outubro de 1983, a primeira manchete do Jornal Nacional, a ser lida pelo impecável Cid Moreira era “Preso no Rio, o mafioso Tomasso Buschetta”. Ao ver o sobrenome do famoso criminoso, Cid Moreira deu uma das raras travadas de voz e leu Tomasso Busqueta, para evitar sons passíveis de confusão. Mal sabia ele que o mafioso odiava que o chamassem assim.

Está disponível no NOW (e Apple TV+) o filme O TRAIDOR (THE TRAITOR – IL TRADITORE), que o famoso cineasta italiano Marco Bellocchio dirigiu em 2019, recapitulando todo o caso, inclusive o casamento com uma brasileira, as duas prisões de Buschetta no Brasil, sua tortura, a extradição assinada pelo Presidente Médici e a delação de todos os principais membros da Cosa Nostra feita por ele ao Juiz Salvatore Falcone.

Por uma dessas coincidências da vida ver O TRAIDOR ao mesmo tempo em que estou deliciado vendo a série THE OFFER, no Paramount+, sobre a produção de O PODEROSO CHEFÃO torna ainda melhor comparar a Cosa Nostra italiana com a Máfia dos Estados Unidos.

Sempre achei muito curioso o entrelaçamento profundo da religião com a Máfia. Todos são católicos e rezam sem parar, Tem relacionamentos profundos com padres, bispos e monsenhores. Fazem casamentos religiosos, batizados e, em todas as suas festa, as presença de clérigos são permanentes. Mas, durante o trabalho, o interesse da FAMIGLIA faz com que assassinatos, atentados e crimes sejam cometidos num piscar de olhos. Claro que em THE GODFATHER, esta realidade foi mostrada com uma competência nunca igualdade no cinema.

Mas THE TRAITOR, de maneira alguma faz feio. Bellocchio é muito talentoso em conduzir uma narrativa densa, cheia de idas e vindas, mas levada às telas de modo a compor o mosaico do Caso Buschetta, de forma tão fascinante quanto detalhada.

O ator romano Pierfrancesco Favino (RUSH, GUERRA MUNDIAL Z e ANJOS E DEMÔNIOS) tem o trabalho de sua vida, como Dom Massino. O filme acompanha sua trajetória de adolescente até a morte, por câncer, nos Estados Unidos, em 02 de abril de 2000.

Claro que o episódio principal foi a delação, nos depoimentos para o Juiz Falcone, que levaram à prisão de 475 mafiosos e a condenação de 378, no episódio que ficou conhecido como “Maxi Trial”.

A atriz brasileira Maria Fernanda Cândido faz a paulista Maria Cristina de Almeida Guimarães, esposa de Tomasso. Seu trabalho é interessante e importante na narrativa da vida do marido, inclusive nas cenas em que ele preso, tem alucinações com sua morte e enterro, alguns dos grande momentos do filme.

Bellocchio, de 83 anos, já dirigiu 54 filmes, inclusive o famoso O DIABO NO CORPO, onde há uma cena de felação explícita pela atriz holandesa Maruschka Detmers, o que foi um escândalo em 1986.

Há muitos filmes sobre a Máfia. Claro que a trilogia de THE GODFATHER é o máximo entre todos. Mas há CADÁVERES ILUSTRES, BUGSY, O IRLANDÊS, GOMORRAH, OS BONS COMPANHEIROS, SUBURRA, CASINO, DONNIE BRASCO e ERA UMA VEZ NA AMÉRICA, APENAS PARA CITAR ALGUNS.

O TRAIDOR se insere nesta lista com muitos méritos. É um belo filme. Assustador, mas belo.

On October 23, 1983, the first headline in Jornal Nacional to be read by the impeccable Anchorman Cid Moreira was “Arrested in Rio, Mafioso Tomasso Buschetta“. Upon seeing the famous criminal’s last name, Cid Moreira gave one of the rare voice breaks and read Tomasso Busqueta, to avoid confusing sounds. Little did he know that the mobster hated to be called that.

The film THE TRAITOR (IL TRADITORE) is available on NOW (and Apple TV+), which the famous Italian filmmaker Marco Bellocchio directed in 2019, recapping the whole affair Buschetta, including his marriage to a Brazilian woman, the two arrests in Brazil, his torture, the extradition signed by President Medici and the denunciation of all the main members of the Cosa Nostra made by him to Judge Salvatore Falcone.

For one of those coincidences in life, seeing THE TRAITOR while I am delighted to see THE OFFER series, on Paramount+, about the production of THE GODFATHER, makes it even better to compare the Italian Cosa Nostra with the US Mafia.

I have always found the deep intertwining of religion with the Mafia very curious. All are Catholics and pray non-stop. They have deep relationships with priests, bishops and monsignors. They hold religious weddings, baptisms and, in all their feasts, the presence of clerics is permanent. But, during the work, the interest of FAMIGLIA makes murders, attacks and crimes to be committed in the blink of an eye. Of course, in THE GODFATHER, this reality was shown with a competence never equal in cinema.

But THE TRAITOR is by no means bad. Bellocchio is very talented in conducting a dense narrative, full of ups and downs, but brought to the screens in order to compose the mosaic of the Buschetta Case, in a way that is as fascinating as it is detailed.

Roman actor Pierfrancesco Favino (RUSH, WORLD WAR Z and ANGELS AND DEMONS) has his life’s work, as Dom Massino. The film follows his journey as a teenager until his death from cancer in the United States on April 2, 2000.

Of course, the main episode was the denunciation, in the depositions to Judge Falcone, which led to the arrest of 475 mobsters and the conviction of 378, in the episode that became known as the “Maxi Trial”.

Brazilian actress Maria Fernanda Cândido plays Maria Cristina de Almeida Guimarães, Tomasso’s wife. Her work is interesting and important in the narrative of her husband’s life, including the scenes in which he is imprisoned, has hallucinations with his death and burial, some of the great moments of the film.

Bellocchio, 83, has directed 54 films, including the famous THE DEVIL IN THE FLESH, where there is an explicit fellatio scene by Dutch actress Maruschka Detmers, which was a scandal in 1986.

There are many movies about the Mafia. Of course, THE GODFATHER trilogy is the best of them all. But there are ILLUSTRIOUS CORPSES, BUGSY, THE IRISHMAN, GOMORRAH, THE GOOD FELLAS, SUBURRA, CASINO, DONNIE BRASCO and ONCE UPON A TIME IN AMERICA, just to name a few.

THE TRAITOR fits into this list with many merits. It’s a beautiful movie. Scary but beautiful.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.