ALAIN TANNER: Morre o Talentoso e Provocativo Cineasta Suíço

Certa vez o Cine Bristol (sala de repertório de Porto Alegre) programou um ciclo de Cinema Suíço.

Não era exatamente uma cinematografia conhecida nos anos 70.

Dois nomes se destacavam: Claude Goretta e Alain Tanner.

Lembro que ao ler os títulos dos filmes programados, um me chamou a atenção: JONAS QUE TERÁ 25 ANOS NO ANO 2.000

Tanner era um jovem e provocativo cineasta que fazia um cinema profundo, emotivo e inteligente. A gente ficava hipnotizado com os personagens, cenas e diálogos dos filme de Tanner.

Foram 30 filmes dirigidos por ele.

Ontem Alain Tanner morreu aos 92 anos de idade.

Vou atrás dos filmes dele para ver ou rever um cineasta maravilhoso.

Cine Bristol (a repertoire movie theater in Porto Alegre) once programmed a cycle of Swiss Cinema.

It wasn’t exactly a well-known cinematography in the ’70s.

Two names stood out: Claude Goretta and Alain Tanner.

I remember reading the titles of the upcoming movies, one caught my attention: JONAS WHO WILL BE 25 IN THE YEAR 2000

Tanner was a young and provocative filmmaker who made cinema that was deep, emotional and intelligent. We were mesmerized by the characters, scenes and dialogue in Tanner’s films.

There were 30 films directed by him.

Yesterday Alain Tanner died at the age of 92.

I go after his films to see or review a wonderful filmmaker.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.