SACHEEN PENA PEQUENA Morre aos 75 Anos

Uma das cenas mais icônicas da história do Oscar foi quando o Oscar de Melhor Ator, na cerimônia de 1973, foi para Marlon Brando, pelo seu papel de Vito Corleone, em THE GODFATHER.

Quem subiu ao palco, foi uma jovem indígena que se identificou com sacheen Littlefeather. Ela leu um pequeno discurso pelo qual Brando recusava o Oscar e fazia uma manifestação sobre o genocídio de indígenas nos EUA.

Inicialmente surgiu um boato de que Sacheen seria uma atriz disfarçada de indígena. Isto foi posteriormente desmentido.

Anos depois, a Academia expediu um pedido de desculpas a Sacheen Littlefeather.

Ontem ela morreu aos 75 anos.

Ainda lembro da surpresa que aquela indiazinha causou no mundo do cinema.

One of the most iconic scenes in Oscar history was when the Oscar for Best Actor at the 1973 ceremony went to Marlon Brando for his role as Vito Corleone in THE GODFATHER.

Who took the stage was a young indian woman who identified herself as Sacheen Littlefeather. She read a short speech by which Brando refused the Oscar and made a demonstration about the genocide of indian people in the USA.

Initially there was a rumor that Sacheen would be an actress disguised as an indigenous person. This was later denied.

Years later, the Academy issued an apology to Sacheen Littlefeather.

Yesterday she died at age 75.

I still remember the surprise that that little Indian girl caused in the world of cinema.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.