Clint Eastwood é uma “persona” cinematográfica cada vez mais fascinante. Aos 82 anos (!) seu Gus de AS CURVAS DA VIDA (TROUBLE WITH THE CURVE) não somente se trata de mais um personagem fascinante, com lidera um filme repleto de imagens e idéias absolutamente modernas e atuais. A metáfora da “bola curva” chega a ser empolgante. Embora o filme seja dirigido por seu discípulo Robert Lorenz, a Malpaso produzindo não deixa duvida quanto ao percentual de Clint na concepção do filme. Outra observação: Amy Adams, aos 38 anos já teve 3 indicações ao Oscar. Breve vai ganhar, porque se trata de um ótima atriz. Tomara que o velho Clint siga exibindo seu mau humor nas telas mais um pouco. Continua de alta categoria.