PECADOS ANTIGOS, LONGAS SOMBRAS é um filme policial espanhol. Vem recomendado por ter ganho 10 prêmios GOYA, o Oscar de lá, inclusive o de melhor filme do ano.

Ver um filme policial da Espanha, logo de início, nos causa um choque cultural, acostumados que estamos com o ritmo dos policiais americanos. Aqui tudo é muito mais lento, reflexivo e quase filosófico.

O filme me lembrou muito a primeira temporada de TRUE DETECTIVE, seja pela ambientação em um local cheio de pântanos e paisagens abertas, seja pela extrema dificuldade dos protagonistas em conseguirem informações dos habitantes locais.

O ponto de partida até se assemelha: dois detetives de Madri chegam a uma pequena cidade para investigar o desaparecimento de duas adolescentes. A época é logo apos a queda do General Franco, quando o Pais ainda esta entre os anos de ditadura militar e a esperança de dias melhores com a chegada da democracia.

Mas os dois são estrangeiros em uma terra desconhecida.

Um mais jovem e voluntarioso esta com a carreira em baixa porque disse certas verdades sobre um general. O outro, mais antigo, tem um passado nebuloso com uma acusação não esclarecida de ter matado uma jovem em uma ação militar.

A dualidade de todos frente ao novo momento enriquece e dificulta a investigação. Ninguém diz a verdade ou pelo menos toda ela.

“As meninas eram fáceis.” diz uma testemunha, mostrando o moralismo franquista.

A trama policial, o drama do relacionamento entre os dois, o misterioso silencio dos moradores locais, inclusive os pais das meninas e o constante impacto do novo cenário político da Espanha fazem um contexto múltiplo, maravilhosamente explorado pelo cineasta Alberto Rodrigues.

Alguém já disse que tudo se resume a dinheiro e sexo. Ou aos dois.

PECADOS ANTIGOS, LONGAS SOMBRAS vale muito a pena ver. Trata-se de um grande filme. Esta disponível nos serviços de streaming, tipo NOW.

 

LA ISLA MINIMA is a Spanish thriller. It comes recommended by having won 10 GOYA Awards, the Spanish Oscar, including the best film of the year.

To see a thriller of Spain, at the beginning, it causes a shock, because we are accustomed to the rhythm of American thrillers. Here everything is much slower, reflective and almost philosophical.

The film reminded me of the first season of TRUE DETECTIVE, either by setting in a place full of marshes and open landscapes, and the extreme difficulty of the protagonists in get information from locals.

The starting point is also similar: two detectives from Madrid come to a small town to investigate the disappearance of two teenage girls. The time is soon after the fall of General Franco, when the people is still between the years of military dictatorship and the hope of better days with the arrival of democracy.

But the two are strangers in a strange land.

A young one and headstrong this with career low because he said certain truths about a general. The other, older, has a cloudy past with an unexplained charge of having killed a young woman in a military action.

The duality of all opposite the new time enriches and complicates the investigation. No one tells the truth or at least all of it.

“The girls were easy.” says a witness, showing the old times moralism.

The police plot, the relationship drama between the two, the mysterious silence of the locals, including the girls’ parents and the constant impact of the new political landscape of Spain make a multiple context wonderfully explored by filmmaker Alberto Rodrigues.

Someone has said that it all comes down to money and sex. Or both.

LA ISLA MINIMA is very worth seeing. This is a great movie. It is available in streaming services, like NOW.