Entre tantas musas do cinema italiano, uma das minhas preferidas foi Virna Lisi.

A voluptuosa loira trabalhou com quase todos os grandes cineastas da península, em filmes clássicos como AS BONECAS (1965), de Dino Risi, CASANOVA 70, de Mario Monicelli, CONFUSÕES À ITALIANA, de Pietro Germi, UMA VIRGEM PARA O PRÍNCIPE, de Pasquale Festa Campanile, ARABELA, de Mauro Bolognini.

Mas seu filme favorito com a bela Virna Lisi segue sendo uma comédia americana, dirigida por Richard Quine, em 1965, COMO MATAR SUA ESPOSA, com Jack Lemmon e Terry Thomas, uma obra prima do humor cinematográfico.

Saudades desta loira italiana que o cinema imortalizou.

 

Among the many muses of Italian cinema, one of my favorites was Virna Lisi.

The blonde voluptuous worked with all the great filmmakers of the peninsula, in classic films like DOLLS (1965), by Dino Risi, CASANOVA 70, by Mario Monicelli, CONFUSION TO ITALIAN, by Pietro Germi, A VIRGIN TO PRINCE, by Pasquale Festa Campanile, ARABELLA, by Mauro Bolognini.

But my favorite movie with the beautiful Virna Lisi is still an American comedy, directed by Richard Quine in 1965 HOW TO KILL YOUR WIFE, with Jack Lemmon and Terry Thomas, a masterpiece of cinematic funny.

I miss a lot this Italian blonde that cinema immortalized.