LOGAN, de James Mangold (GAROTA INTERROMPIDA e JOHNNY & JUNE) é um excelente filme, embora, na minha opinião esteja mais para a franquia MAD MAX que para X-MEN.

Num futuro próximo, Logan está próximo da fronteira com o México cuidando de um nonagenário Professor Xavier quando chega uma menina mutante perseguida por militares com intenções bem conhecidas.

O filme de James Mangold é muito violento tendo múltiplas cenas extremamente sangrentas, decepações e decapitações, quase como em KILL BILL, de Quentin Tarantino.

Quem superar isto vai se deparar com uma história profunda em que os personagens de Logan, do Professor Xavier, da menina Laura, do Mutante Caliban são muito bem desenvolvidos e aprofundados em seus dramas e dilemas existenciais.

LOGAN é muito mais que um ótimo filme de aventura e ficção. É um drama de primeira linha. Um filme testamento classe A do personagem Wolverine.

Sempre gostei demais dos filmes dos X-MEN. LOGAN fugiu um pouco do tema dos mutantes e sua luta por aceitação pela humanidade. Mas para ser melhor ainda. Valeu muito a pena.

 

LOGAN by James Mangold (GIRL, INTERRUPTED and WALKING THE LINE) is an excellent film, although in my opinion it’s more for the MAD MAX franchise than for X-MEN.

In the near future, Logan is near the border with Mexico taking care of a nonagenarian Professor Xavier when a mutant girl arrives persecuted by military with well-known intentions.

James Mangold’s film is very violent having multiple extremely bloody scenes, splits and beheadings, almost like Quentin Tarantino’s KILL BILL.

Anyone who overcomes this will come across a deep story in which the characters of Logan, Professor Xavier, girl Laura, Mutant Caliban are very well developed and deepened in their existential dramas and dilemmas.

LOGAN is much more than a great adventure and fiction movie. It’s a first-rate drama. A movie Wolverine character’s A-Class testament.

I’ve always liked the X-MEN movies so much. LOGAN ran away from the subject of the mutants and their struggle for acceptance by humanity. But to be better yet. It was very worth it.