THE HANDMAID’S TALE (2017), série megaprodução da HULU, a partir do livro de autoria de Margareth Atwood (no Brasil O CONTO DA AIA) conta uma história incrível: depois de terroristas matarem toda a administração dos Estados Unidos (presidente e principais membros do Gabinete), uma facção católica toma o poder e transforma o País na República de Gilead.

A ditadura se baseia no Antigo Testamento, sendo que mulheres e minorias não têm direitos.

A personagem principal é Offred (Elizabeth Moss), uma mulher transformada em “handmaid”, ou seja aquela cuja finalidade é procriar com os dirigentes. Ela é entregue ao Comandante (Joseph Fiennes), mas a relação dos dois sai do planejado. A esposa do Comandante Serena Joy (Yvonne Strahovski) igualmente tem um papel essencial na história.

A produção é impressionate, seja pelos cenários grandiosos, seja pelas cenas com milhares de figurantes e feitos especiais impecáveis.

Esta primeira temporada (a segunda está em produção) focou em descrever os terríveis efeitos da ditadura e da supressão das liberdades.

Acertou em cheio o alvo.

 

THE HANDMAID’S TALE (2017), HULU’s megaproduction series, from the book by Margaret Atwood tells an incredible story: after terrorists killed the entire administration of the United States (president and main Cabinet), a Catholic faction seizes power and transforms the country into the Republic of Gilead.

The dictatorship is based on the Old Testament, with women and minorities having no rights.

The main character is Offred (Elizabeth Moss), a woman turned into a “handmaid”, that is the one whose purpose is to procreate with the leaders. She is given to the Commander (Joseph Fiennes), but the relationship of the two leaves the planned. The wife of Commander Serena Joy (Yvonne Strahovski) also plays an essential role in history.

The production is impressive, whether by the grandiose scenes or the scenes with thousands of extras and impeccable special effects.

This first season (the second is in production) focused on describing the terrible effects of dictatorship and the suppression of freedoms.

It hits the target in full.