DESOBEDIÊNCIA(2018), de Sebastián Lelio é um drama sobre RONIT, uma jovem fotógrafa judia que saiu da comunidade em que vivia no norte de Londres para viver em Nova Iorque, brigada com seu Pai, o Rabino local. Anos depois, recebe a informação de que ele faleceu, vítima de um ataque cardíaco. Volta, então, para as cerimônias de homenagem a ele e para encarar todos aqueles que não via desde sua saída abrupta anos atrás.

Entre estes, estão DOVID, o maior discípulo de seu Pai, o candidato a novo Rabino e ESTI, sua esposa e a melhor amiga da filha pródiga nos tempos de escola.

Diversos conflitos vão vir à tona, revelando emoções, decepções, culpas, paixões e rancores guiardados desde a partida de RONIT.

O trio central de atores tem performances simplesmente impecáveis. Rachel Weisz sabidamente é excelente (Oscar de Melhor Atriz por O JARDINEIRO FIEL). Rachel McAdams (Indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por SPOTLIGHT) melhora a cada trabalho. E o americano Alejandro Nivola dá um show como o Rabino DOVID.

O chileno Lelio ganhou muitos prêmios em festivais internacionais por seu filme UMA MULHER FANTÁSTICA, inclusive o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. aqui, em seu primeiro trabalho em língua inglesa, em dá um passo além, fazendo um drama difícil e desafiador, sem jamais perder o controle.

O filme consegue se aprofundar em vários temas muito complexos como liberdade de escolha, amor, paixão, religião e culpa. Na cena inicial, o Pai de RONIT está fazendo uma pregação e diz que a liberdade de escolha é tanto uma dádiva quanto uma responsabilidade e que ser livre é impossível sem aceitar um grau de perda.

Mais tarde no filme, vai ser entender perfeitamente este ensinamento.

Que belo filme este DESOBEDIÊNCIA!

 

Sebastián Lelio’s DISOBEDIENCE (2018) is a drama about RONIT, a young female Jewish photographer who left the community where she lived in North London to live in New York, after a fight with her Father, the local Rabbi. Years later, she received information that he died of a heart attack. She returns, then, to the ceremonies of homage to him and to face all those whom she had not seen since her abrupt departure years ago.

Among these are DOVID, the greatest disciple of her Father, the candidate for being the new Rabbi and ESTI, his wife and the best friend of the prodigal daughter in old school days.

Several conflicts will come to the surface, revealing emotions, disappointments, guilts, passions and hates since the departure of RONIT.

The central actors has simply impeccable performances. Rachel Weisz is known to be excellent (Oscar for Best Actress for THE CONSTANT GARDENER). Rachel McAdams (nominated for Best Supporting Actress Oscar for SPOTLIGHT) improves on each job. And the American Alejandro Nivola gives a show like Rabbi DOVID.

Chilean Lelio won many awards at international festivals for his film A FANTASTIC WOMAN, including the Oscar for Best Foreign Film. Here, in his first English-language work, takes a step further, making a difficult and challenging drama, never losing control.

The film manages to go deep into several very complex themes like freedom of choice, love, passion, religion and guilt. In the opening scene, RONIT’s father is preaching and says that freedom of choice is both a gift and a burden and that being free is impossible without accepting a degree of loss.

Later in the film, we will be perfectly understand this lesson.

What a beautiful film it is this DISOBEDIENCE!