Baseados em uma das mais clássicas séries de televisão, os filmes da franquia MISSÃO IMPOSSÍVEL chegam ao capítulo seis precisando de alguma nova inspiração.

A produção segue impecável, a edição soberba e o elenco recebendo acréscimos muito bem vindos aos tradicionais Tom Cruise (Ethan Hunt), Ving Hames (Kuther) e Simon Pegg (Benji). Desta vez, aparecem Henry Cavill (o próprio SUPERMAN), Angela Basset, Wes Bentley e Alec Baldwin (reprisando seu papel).

As mulheres são muito bem representadas pela sueca Rebecca Fergusson (talvez a melhor atriz em cena) e Michelle Monaghan (o eterno amor de Hunt).

Mas correrias a parte, para mim faltou algum elemento de originalidade neste opus six da série.

Bombas demais, contagens regressivas, saltos no espaço, perseguições em todos os meios de transporte conhecidos (pelo menos uma de moto e outra de helicóptero sensacionais), momentos cômicos excelentes normalmente a cargo de Benji e “penso” de menos.

Este tipo de série de filmes tende a se repetir e o desafio maior é encontrar alguma forma de renovar a série, como os produtores de 007 fizeram com os filmes de Daniel Craig.

Como entretenimento de alto nível, MISSÃO IMPOSSÍVEL: EFEITO FALLOUT sem dúvidas, preenche sua função. Mas acho que vai ser difícil lembrar alguma cena deste episódio como memorável, como a do assalto à sede da CIA no primeiro capítulo, dirigido 20 anos atrás por Brian de Palma.

 

Based on one of the most classic television series, the films of the MISSION IMPOSSIBLE franchise come to chapter six in need of some new inspiration.

The production follows impeccable, the superb edition and the cast receiving welcome additions to the traditional Tom Cruise (Ethan Hunt), Ving Hames (Kuther) and Simon Pegg (Benji). This time, there are Henry Cavill (the SUPERMAN himself), Angela Basset, Wes Bentley and Alec Baldwin (reprizing his role).

The women are very well represented by the Swedish Rebecca Fergusson (perhaps the best actress in the scene) and Michelle Monaghan (the eternal love of Hunt).

But production goals away, I lacked some element of originality in this opus six of the series.

Too much bombs, countdowns, space jumps, pursuits in all known means of transport (at least one sensational helicopter and motorbike), excellent comedic moments usually by Benji and less novelties.

This type of film series tends to repeat itself and the biggest challenge is to find some way to revamp the series, as the 007 producers did with the Daniel Craig films.

As high level entertainment, IMPOSSIBLE MISSION: FALLOUT undoubtedly fulfills its function. But I think it’s going to be hard to remember some scene from this episode as memorable, as the one from the CIA headquarters robbery in the first chapter, directed 20 years ago by Brian de Palma.