M. Night Shyamalan iniciou com um filme próximo de uma obra única: O Sexto Sentido. Marcou seu nome na história e criou uma grande expectativa para seus próximos trabalhos.

Embora tenho feito alguns filmes bons como Corpo Fechado e A Vila, cometeu gafes indesculpáveis como O Último Mestre do Ar e O Fim dos Tempos.

Este VIDRO chegou cercado de grande expectativa. Retomava os personagens de Corpo Fechado e Fragmentado, através de um elenco ótimo: Bruce Willis, Samuel L. Jackson e James McAvoy. Agregou a notável Sarah Poulson, como uma psiquiatra especializada em doidos que se acham super-heróis.

O resultado é um filme sempre interessante de se ver, bem filmado e editado e com o habitual “twist” de Shyamalan.

Ficou longe de O Sexto Sentido, mas sem dúvida é um passo à frente para o Diretor.