O filme O VELHO E A ARMA, de David Lowery (A GHOST STORY) é um drama baseado em fatos reais sobre um americano que foi de sua adolescência até a velhice assaltando bancos e fugindo de prisões.

Forrest Tucker é vivido com a categoria de sempre por Robert Redford, que anunciou ser este seu último filme como ator. Seus parceiros de assaltos são Danny Glover e Tom Waits, ambos como coadjuvantes especiais, cheios de resmungos e muito talento.

A presença lúdica vem com Sissy Spacek, como Jewel, o interesse afetivo do ladrão veterano que não consegue abandonar a vida de crimes. Ainda no elenco, com merecido destaque está Casey Affleck, como o policial John Hunt.

O filme prefere romantizar a compulsão de violar a lei do protagonista, sendo propositadamente superficial em lançar um olhar sobre os motivos de tal comportamento.

O melhor fica com o romance outonal entre Forrest e Jewel, recheado de diálogos e momentos deliciosos, para extremo prazer do espectador, muito elevados pela categoria dos dois intérpretes.

Com belas cenas e um roteiro imaginativo, O VELHO E A ARMA pode ser uma boa despedida para Redford, embora tenha ficado muito aquém de seus melhores filmes, como BUTCH CASSIDY, GOLPE DE MESTRE, BRUBAKER, O ENCANTADOR DE CAVALOS e tantos outros que este astro superlativo de Hollywood nos proporcionou.