A MULA, produzido e dirigido por Clint Eastwood é um belo drama baseado em uma reportagem do New York Times a respeito da utilização de idosos como “mulas” pelos cartéis de drogas.

Apoiado por um elenco de ótimos atores, Clint Eastwood chega aos 89 anos ainda capaz de um tour de force como esta história impressionante, dramática e cheia de questões a serem refletidas.

Vencedor de 4 Oscars e três Globos de Ouro, Clint Eastwood inscreveu seu nome entre os maiores de Hollywood, desde os westerns de Sergio Leone até as grandes obras como OS IMPERDOÁVEIS e MENINA DE OURO, de sua autoria.

Bradley Cooper, Dianne Wiest, Laurence Fishburne, Taissa Farmiga, Michael Peña e Andy Garcia são os principais nomes do cast soberbo que leva a história do nonagenário que dá uma virada na vida ao passar a trabalhar como “mula” para um cartel.

Mas o filme traz muito mais que isto, como uma bela e profunda reflexão sobre as relações familiares, o sentimento de culpa, a responsabilidade de assumir os próprios erros e por aí vai. É muita coisa relevante para ser refletida depois do filme terminar.

Claro que em uma carreira repleta de obras primas, como a de Clint Eastwood (nem falamos de SOBRE MENINOS E LOBOS, BIRD ou O CAVALEIRO SOLITÁRIO) este A MULA está longe de entrar na prateleira superior.

Mas a persona, a categoria, a inteligência e a sensibilidade diferenciadas do cineasta garantem que mesmo um filme menor seu é muito digno de ser assistido e curtido ao extremo.

O velho Clint ainda tem muito cinema para nos emocionar.

The Mule, produced and directed by Clint Eastwood is a beautiful drama based on a New York Times report about the use of the elderly as “mules” by drug cartels.

Backed by a cast of great actors, Clint Eastwood reaches the age of 89 still capable of a tour de force as this story impressive, dramatic and full of issues to be reflected.

Winner of 4 Oscars and 3 Golden Globes, Clint Eastwood entered his name among the biggest in Hollywood, from the westerns of Sergio Leone to the great works like THE UNFORGIVEN and MILLION DOLLAR BABY, of his own.

Bradley Cooper, Dianne Wiest, Laurence Fishburne, Taissa Farmiga, Michael Peña and Andy Garcia are the leading names in the superb cast that takes the story of the ninety-year-old who takes a turn in life by working as a “mule” for a drug cartel.

But the film brings much more than this, as a beautiful and deep reflection on family relationships, guilt, responsibility about our own mistakes and so on. It’s a lot of relevance to be reflected after the movie is over.

Of course, in a career full of masterpieces such as Clint Eastwood (we’re not even talking about MYSTIC RIVER, BIRD or PALE RIDER, this THE MULE is far from entering the top shelf.

But the persona, the category, the intelligence and the differentiated sensibility of the filmmaker guarantee that even a smaller film of his is very worthy of being watched and tanned to the extreme.

Old Clint still has a lot of movies to excite us.