ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA: Drama de Tribunal Exemplar Segue Moderno e Impecável Após 29 Anos

Scott Turow foi um dos primeiros advogados (John Grisham, Michael Connelly) a explodir no mundo do entretenimento com livros policiais que tem como pano de fundo advogados, justiça, magistrados e dramas de tribunal. Seu ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA (para mim até hoje seu melhor trabalho) chegou ao cinema em 1990, pelas mãos do excelente Alan J. Pakula (KLUTESEU PASSADO CONDENA, A TRAMA, TODOS OS HOMENS DO PRESIDENTE e A ESCOLHA DE SOFIA).

O cineasta novaiorquino falecido em 1998 foi um mestre dos filmes com intrigas políticas e dramas rasgados de personagens inesquecíveis. Aqui ele pegou o livro de Turow e fez um filmado. O Promotor Público Assitente Rusty Sabich (Harrison Ford em um dos seus melhores trabalhos) é acusado de assassinar sua colega de Promotoria, a linda e ambiciosa Carolyn Polhemus (excelente papel da atriz italiana Greta Scacchi).

O escândalo eclode em meio à sangrenta campanha de reeleição do Procurador Geral Raymond Horgan (ótimo papel de Brian Dennehy), lutando voto a voto contra o rival Nico della Guardia (Tom Mardirosian). ainda há na história quatro outros personagens memoráveis. A deprimida e misteriosa esposa de Sabich (Bonnie Bedelia), o Juiz Larry Little com um passado nebuloso (Paul Winfield), o excelente advogado de defesa Sandy Stern (maravilhosa interpretação do precocemente falecido Raul Julia) e o detetive Dan Lipranzer (John Spencer).

Neste mosaico de crime, paixões, ciúmes, rivalidades, ambições e sexo, Turow e Pakula conseguiram fazer uma obra prima de entretenimento, emoção e envolvimento, assegurando ao espectador duas horas de puro encantamento.

O filme vai fazer trinta anos em 2020. Segue sendo exemplar como drama de tribunal, inserindo-se na linha dos grandes títulos do gênero, na melhor tradição de TESTEMUNHA DE ACUSAÇÃO, O SOL É PARA TODOS, 12 HOMENS E UMA SENTENÇA, JULGAMENTO EM NUREMBERG e ANATOMIA DE UM ASSASSINATO. Mais modernamente, O VEREDITO, JUSTIÇA PARA TODOS, FILADELFIA, AS DUAS FACES DE UM CRIME, TEMPO DE MATAR e QUESTÃO DE HONRA.

ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA é um filme que se recomenda sem restrições para quem curte os ótimos dramas de tribunal.

Scott Turow was one of the first lawyers (John Grisham, Michael Connelly) to explode in the entertainment world with thriller books that are backed by lawyers, justice, judges and court dramas. His PRESUMED INNOCENT (for me his best work to date) came to the movies in 1990, by the hands of the excellent Alan J. Pakula (KLUTE, THE PARALLAX VIEW, ALL THE PRESIDENT’S MEN and SOPHIE’S CHOICE).

The New York filmmaker who died in 1998 was a film master with political intrigue and torn dramas of unforgettable characters. Here he took Turow’s book and filmed it. Assistant Public Prosecutor Rusty Sabich (Harrison Ford in one of his best works) is accused of murdering his beautiful and ambitious Prosecutor colleague Carolyn Polhemus (excellent role of Italian actress Greta Scacchi).

The scandal erupts amid Attorney General Raymond Horgan‘s bloody reelection campaign (great role of Brian Dennehy), fighting vote-by-vote against rival Nico della Guardia (Tom Mardirosian). There are still four other memorable characters in the story. Sabich’s depressed and mysterious wife (Bonnie Bedelia), Judge Larry Little with a hazy past (Paul Winfield), excellent defense attorney Sandy Stern (wonderful work of the late Raul Julia) and detective Dan Lipranzer (John Spencer) .

In this mosaic of crime, passion, jealousy, rivalry, ambition and sex, Turow and Pakula have managed to masterpiece entertainment, excitement and involvement, ensuring the viewer two hours of pure enchantment.

The film will turn thirty years in 2020. It continues to be exemplary as a court drama, fitting in with the great titles of its kind, in the best tradition of WITNESS FOR THE PROSECUTION, TO KILL A MOCKINBIRD, 12 ANGRY MEN, JUDGEMENT AT NUREMBERG and ANATOMY OF A MURDER. Later on, THE VERDICT, AND JUSTICE FOR ALL, PHILADELPHIA, A TIME TO KILL, PRIMAL FEAR and A FEW GOOD MEN.

PRESUMED INNOCENT is a film that is unrestrictedly recommended for those who enjoy the great court room dramas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s